Tem filhos? Veja por que você deveria adotar um cão AGORA

Talvez essa seja a hora de atender àquele pedido antigo das crianças

Especialista explica como melhorar o convívio entre pets e crianças | Foto: Reprodução

Especialista explica como melhorar o convívio entre pets e crianças | Foto: Reprodução

A maioria das crianças apresenta o desejo de ter um bichinho de estimação para poder brincar e compartilhar as experiências da infância. Mas será que a convivência de cães e crianças é possível? Esta é uma preocupação que leva os pais a questionarem esta possibilidade, resistindo muitas vezes aos pedidos dos filhos. Porém, a convivência entre cães e crianças é, sim, benéfica para o desenvolvimento dos pequenos.

Diversos estudos comprovam que a convivência entre crianças e animais traz diversos benefícios para o desenvolvimento pessoal, emocional e físico, além do desenvolvimento de valores importantíssimos e essenciais a qualquer pessoa.  Podemos citar, por exemplo, o desenvolvimento do senso de responsabilidade e cuidado.

Responsabilidade e cuidado

Envolver as crianças na rotina de alimentar os cães, levá-los para passear e respeitar os horários de descanso desenvolvem o senso de responsabilidade, estimulando o cuidado e o respeito. Além destes valores, “assumir” estas tarefas promove a autoestima dos pequenos.

LEIA MAIS: Veja como fazer com que seu cachorro pare de pular nas visitas e morder os móveis

Respeito

Devemos sempre orientar as crianças quanto à forma e o momento em que elas podem interagir com os cães. Devemos ensinar o respeito ao acariciá-los, evitando estimular os puxões e toques mais brutos para assegurar e evitar sustos ou reações repentinas dos cães.

As crianças devem respeitar também os momentos em que os cães se alimentam e descansam. Oriente as crianças a não se aproximarem enquanto os cães se alimentam e a não acordarem os cães enquanto dormem, assegurando assim que os bichinhos possam ter estes momentos de sossego e tranquilidade.

Desenvolvimento pessoal

O cão estimula e facilita as interações sociais e seu desenvolvimento. A presença de um cão pode promover o diálogo entre pessoas, fortalecendo as relações interpessoais, e estimular a desenvoltura das crianças, adolescentes e adultos. O cão pode ser um aliado para superar a timidez e fortalecer a autoconfiança.

Atividade física e laços

Cães estimulam a atividade física, provendo diversão e boa saúde, além de reduzir o estresse. Casas em que existe convivência entre crianças e cães apresentam rotinas mais agitadas e divertidas. Os dias são regados de brincadeiras e muita diversão que estimulam fisicamente todos os membros da família, reduzindo a tendência ao sedentarismo, além de aproximar e fortalecer os laços afetivos ao reunir toda a família durante as brincadeiras.

A convivência entre cães e crianças é extremamente benéfica, porém, exige alguns cuidados para que esta interação seja tranquila e saudável. Estes momentos devem sempre ser supervisionados para garantir a segurança e o conforto das crianças e dos cães.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter