Inacreditável: STF encerra novela de 30 anos entre Flamengo e Sport

Futebol está ficando cada dia mais chato e caro para o cidadão brasileiro

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Flamengo e Sport passaram décadas, cada um, reivindicando o título de campeão brasileiro de 87 | Foto: Reprodução

Flamengo e Sport passaram décadas, cada um, reivindicando o título de campeão brasileiro de 87 | Foto: Reprodução

Nem o mais empolgado torcedor flamenguista estava incomodado com a polêmica: o título brasileiro de 1987. Isso mesmo. O clube carioca tentou a última cartada recorrendo ao Supremo Tribunal Federal  (STF) para tirar a conquista do Sport Recife. Não alcançou êxito, resultado previsível, mas o pior dos mundos é observar a mais alta corte do país perdendo tempo com uma decisão que deveria partir da justiça desportiva.

O confuso futebol brasileiro tem dessas coisas. A intriga entre CBF e clubes resultou na criação de dois torneios: Copa União e Módulo Amarelo. Flamengo campeão do primeiro, Sport (PE) do segundo. Era natural que o clube pernambucano fosse beneficiado por ter vencido a competição comandada pela entidade oficial. Na prática, todos sabem que os melhores times disputaram a Copa União. Uma polêmica infantil e desnecessária.

Mas onde não existe credibilidade todos querem palpitar e mandar. E o pior: acionar o STF pra decidir sobre taça e estrela na camisa. Bobagem sem tamanho, afinal os dois clubes jamais deixarão de se considerar campeões dos respectivos torneios. Bons tempos em que esse tipo de perlenga ficava restrito às mesas dos botecos e dos debates esportivos. O futebol está ficando cada dia mais chato e caro para o cidadão brasileiro.

LEIA MAIS: Bomba é detonada na Praça do Bandeirante, no Centro de Goiânia

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter