Depilação sem dor nem trauma

Claudia Vobeto e Karla Lima, proprietárias da Posé Depilação Expressa

A rotina da mulher moderna pede praticidade e agilidade na hora de resolver as questões do dia a dia. Mas, no que diz respeito ao quesito beleza, elas sempre encontram um tempinho adicional. Pensando nisso, as executivas Claudia Vobeto e Karla Lima criaram, em Goiânia, local que proporciona bem-estar e conforto nos cuidados com o corpo. Desde 2009 as goianas têm acesso à Posé Depilação Expressa, franquia que, além da Capital, possui lojas em Florianópolis, Belém, Manaus e São Paulo.

O grande diferencial é que a cliente não precisa marcar hora para ser atendida. De acordo com Claudia, a missão da Posé (nome que, em francês, significa serenidade) é transformar os momentos de cuidados com a beleza em prazer. Dessa forma, as sócias tentam desmistificar o conceito de que depilação é processo doloroso e traumático. “A cera que utilizados foi desenvolvida exclusivamente para a rede. É feita de camomila e mel e possui propriedade calmante e hidratante. Além disso, procuramos oferecer alto padrão de qualidade no atendimento, conforto e carinho para os clientes”, afirma.

Pensando na expansão, as sócias investiram ainda no ramo da depilação masculina, criando a Posé Men. Para Claudia, o serviço foi pensado a partir da necessidade dos homens. “A depilação não é só questão de vaidade e, sim, de higiene. Entre nossos clientes estão homens que se preocupam com a saúde, higiene e o conforto”.

Do negócio para a franquia

De acordo com Claudia, ela e Karla pensaram em criar uma marca forte e que realmente apresentasse um diferencial na área de beleza. “Não queríamos ser apenas mais um salão ou clínica e, por isso, depois da abertura da primeira loja, a marca foi se consolidando e surgiu o interesse dos clientes em saber se éramos uma franquia. Algumas pessoas começaram a nos procurar interessadas na marca, então começamos a estudar o mercado e procuramos uma empresa especializada no assunto, a Bittencourt Consultoria. Atualmente estamos com nove lojas, mas nosso objetivo é chegar a 56 unidades nos próximos quatro anos”, conta.

Para ser um franqueado Posé o investimento médio é de aproximadamente R$ 200 mil entre taxa de franquia, investimento em obras, reforma, estoque, treinamentos, marketing e capital de giro. Além disso, é preciso passar por processo de avaliação de perfil e cadastro para saber qual modelo de franquia e investimento será necessário.

Programa Sebrae Franquias

De acordo com o gestor do programa Sebrae de Franquias, Paulo Renato Fava Adorno, o interesse dos empresários de tornar o negócio em franquia cresceu nos últimos três anos. “No Brasil, até 2013, teremos aumento do número de shoppings e este tipo de estabelecimento tem aceitação maior quando o negócio é franquia. Assim, acaba gerando procura maior dos empresários interessados em tornar a empresa em franquia, mas tudo deve ser verificado com cautela”, ressalta.

De acordo com Paulo Renato, quando o empresário procura o Sebrae é feito diagnóstico de franqueabilidade. Entre os pontos abordados no diagnóstico estão a capacidade de o empresário acompanhar o treinamento e o negócio do franqueado, observar o sistema de gestão, controle administrativo, sistema de operação e identidade visual. Paulo Renato afirma que durante o diagnóstico é importante não criar expectativas para o empresário, para o caso de ser constatado que o negócio ainda não é uma franquia em potencial.