Após declaração polêmica, Romero denuncia preconceito com paraguaios

Atacante do Corinthians provocou rival e foi detonado pelo comentarista Walter Casagrande

Atacante do Corinthians Romero | Foto: Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians

Atacante do Corinthians Romero | Foto: Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians

Após chamar o Santos de time pequeno, o atacante do Corinthians Ángel Romero falou oficialmente sobre o assunto que gerou polêmica desde o clássico no domingo, 4.

Ao “Globo Esporte”, o jogador disse que se desculpou com o Santos e que o pronunciamento teve essa intenção.

Em coletiva, o paraguaio preferiu falar em espanhol para se expressar melhor. Ele fez críticas aos jornalistas brasileiros.

“Que não se entenda mal o que tratei de dizer. Os jornalistas se sentiram ofendidos, todos. Pelo visto vi que muitos jornalistas são santistas”, disse o atleta.

LEIA MAIS: Após cirurgia, Neymar repousa em casa de R$ 28 MI. Veja fotos do local

Segundo Romero, ele já recebeu ofensas à sua nacionalidade por parte da imprensa brasileira. “Quero que só me critiquem pelo que faço dentro de campo, não pela minha nacionalidade”, protestou.

A declaração

Após o empate em 1 a 1, Romero afirmou que disse: “O cara me deu uma porrada, mas está tudo bem, é parte do jogo, olha como estão comemorando. É time pequeno”.

A fala não repercutiu bem no futebol paulista ou na imprensa. O comentarista Walter Casagrande, por exemplo, sugeriu que “o departamento de marketing do Corinthians deveria imprimir toda a história do Santos e dar para o Romero ficar estudando”.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter