Goiás e Vila estão entre os 20 maiores devedores da Previdência Social

Somando a dívida dos clubes de futebol com a União, rombo ultrapassa R$ 800 milhões

Maiores devedores da Previdência Social entre clubes brasileiros | Foto: Reprodução/SporTV

Maiores devedores da Previdência Social entre clubes brasileiros | Foto: Reprodução/SporTV

De acordo com matéria do SporTV divulgada nesta terça-feira, 11, o Goiás Esporte Clube tem uma dívida ativa com a Previdência Social de R$ 10.447.089,47. O time é o 18º entre os maiores devedores nacionais.

E o Vila Nova não fica muito atrás. Segundo os números do levantamento da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, o Tigre é o 20º maior devedor brasileiro, com um cifra de R$ 9.297.987,50.

O campeão em dívidas com a União é o Flamengo, com R$ 83.863.163,36 vencidos. O segundo é o Atlético Mineiro, com dívida de R$ 54.950.505,96. E, em terceiro, aparece o Fluminense, devendo R$ 49.785.558,38. O montante das dívidas dos clubes de futebol ultrapassa os R$ 800 milhões.

Profut

Na tentativa de negociar os débitos, foi lançado o Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut), que logo recebeu adesão dos clubes. A dívida, então, foi parcelada e o início dos pagamentos está previsto para 2018.

Caso o acerto não seja feito como combinado, as entidades não conseguirão a Certidão Negativa de Débito. Com a perda do certificado, os clubes perderiam o patrocínio da Caixa Econômica Federal e poderiam até mesmo ser rebaixados.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter