Soberano e perto da final, Goiás bateu Atlético 3 vezes seguidas em 2017

Só um time se equipara ao Goiás nos confrontos diretos

Após vencer o Dragão pela terceira vez em 2017, Goiás aparece como soberano no confronto | Foto: Goiás EC

Após vencer o Dragão pela terceira vez em 2017, Goiás aparece como soberano no confronto | Foto: Goiás EC

Em jogo muito disputado no último domingo, 16, o Goiás venceu o Atlético no primeiro confronto das semifinais do Goianão e ostenta um retrospecto muito positivo em 2017: ganhou todos os embates contra o maior rival da era moderna e aparece como soberano no confronto.

Nos três jogos disputados contra o Dragão neste início de ano, foram três vitórias. Logo na terceira rodada, o placar terminou em 1 a 0 para o Verdão no Serra Dourada. Na nona rodada não foi diferente: 2 a 1. Placar repetido nesta semifinal, com gols de Patrick e Thiago Luiz.

Quanto aos confrontos diretos envolvendo as quatro equipes que compõem a fase final do Goiano, os números do Esmeraldino só são equiparados pela Aparecidense. O Camaleão foi o único do quadrangular final que conseguiu vencer o Goiás na primeira fase, com um 2 a 1 em plena Serrinha.

LEIA MAIS: Goiás bate Atlético-GO e sai na frente na semifinal do Goiano

Enquanto isso, a Aparecidense também perdeu um confronto direto, e justamente para o Vila Nova, seu adversário nas semis. Já Vila e Atlético perderam dois de seus confrontos diretos. O Tigrão não conseguiu segurar Atlético e Aparecidense e o Dragão não foi páreo para Vila e Goiás em duas oportunidades.

Novo regulamento

Como o regulamento do estadual em 2017 não dá mais vantagens para o time que obteve melhor rendimento na primeira fase, dois resultados iguais não são bons para nenhum dos desafiantes. Por isso, mesmo com uma vitória magra neste domingo, o Goiás saiu na frente e pode garantir a classificação com um simples empate, probabilidade grande se for analisado o histórico recente do confronto.

Do outro lado da chave, Vila Nova e Aparecidense duelam no Serra Dourada nesta segunda-feira, 17, no Serra Dourada. O time de Aparecida foi o melhor na primeira fase da competição e sonha com um título histórico em um dos seus melhores momentos. Já o Tigre quer quebrar um jejum de uma década sem título regional.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter