Destaque da Libertadores, atacante do Grêmio dispara ao vivo contra ex-jogador do Goiás: ‘É um c…’

Ele foi eleito o melhor jogador da competição e não se conteve ao final da vitória gremista por 2 a 1

Comemorando título da Libertadores, Luan provocou rival do Inter: 'É um c...!' | Foto: Reprodução/ TV Globo

Comemorando título da Libertadores, Luan provocou rival do Inter: ‘É um c…!’ | Foto: Reprodução/ TV Globo

Campeão da Copa Libertadores da América após vencer o Lanús, nesta quarta-feira, 29, na Argentina, o atacante Luan mandou uma provocação a um ex-jogador do Goiás ao vivo em entrevista direto do gramado de La Fortaleza. Veja no vídeo abaixo.

Ele foi eleito o melhor jogador da Libertadores e não se conteve ao final da vitória gremista por 2 a 1. “Papai voltou e está aqui. Papai é campeão da América. Grêmio campeão. E o Sasha é c…. E continua um c…!”, disse, em referência ao atacante Eduardo Sasha, do Internacional.

A rixa entre os jogadores é de longa data. Desde o Gauchão de 2016, quando o Inter foi campeão e Sasha festejou o título com uma valsa intitulada “dança dos 15 anos”. A comemoração fazia referência ao tempo em que o Grêmio estava sem conquistar títulos nacionais. “Aqui não é Grêmio”, completou Sasha.

Eduardo Sasha vestiu a camisa do Goiás entre 2012 e 2013 | Foto: Reprodução

Eduardo Sasha vestiu a camisa do Goiás entre 2012 e 2013 | Foto: Reprodução

Ainda em 2016, quando o Grêmio foi pentacampeão da Copa do Brasil, Luan aproveitou a quebra do jejum para responder o rival: “Quero mandar um recado a certas pessoas, que falaram muito mal da nossa equipe. Começou a dançar valsa, o c…, coisa que não tem necessidade. Na final do Gauchão, o Sasha gritou que ‘aqui não é Grêmio’. Quero dizer que ele tem razão. Aquilo lá não é Grêmio. Esse ano somos campeões. Isso é o que importa. Ele que não fale essas coisas. Somos campeões e ele é um c…”.

LEIA MAIS: Destaque do Vila Nova na Série B está perto de acertar com time de Rogério Ceni

No Goiás 

Eduardo Sasha chegou ao Goiás quando tinha apenas 20 anos no início do Campeonato Brasileiro da Série B de 2012. Ele jogou ao lado do companheiro de Internacional Ricardo Goulart no Verdão e ambos foram comandados por Enderson Moreira no título da Segundona.

Depois de mais uma temporada em 2013 vestindo a camisa do Goiás, seu contrato de empréstimo chegou ao fim e o jogador retornou ao Colorado gaúcho.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter