Por que Neymar está arrependido de ter trocado Barcelona pelo PSG

5 motivos explicam: em 1º lugar, ele está insatisfeito com o técnico Unai Emery [...]

Neymar Jr pode estar arrependido de ter trocado Madri por Paris | Foto: Reprodução

Neymar Jr pode estar arrependido de ter trocado Madri por Paris | Foto: Reprodução

No último fim de semana, o jornalista espanhol Pitu Abril iniciou mais uma polêmica a respeito de Neymar. Segundo ele, o atacante estaria arrependido de ter trocado o Barcelona pelo Paris Saint-Germain. Mas por que ele estaria insatisfeito com a transferência que o tornou o jogador mais caro da história?

A teoria foi reforçada por uma postagem do craque em seu Instagram. Na foto, ele aparece ao lado dos antigos companheiros de Barça Luis Suárez e Lionel Messi. E a legenda é ainda mais saudosista: “Assim eram os nossos dias, eu contando as notícias. Fico feliz em vê-los, irmãos”. Confira 5 possíveis motivos para o arrependimento de Neymar.

1 Ele está insatisfeito com o técnico Unai Emery. Segundo o “UOL”, o brasileiro não gosta da metodologia aplicada pelo treinador no Parque dos Príncipes, especialmente a exibição de vídeos antes de cada confronto.

2 Seus assessores não se adaptaram à vida na capital francesa. De acordo com Pitu Abril, Neymar e seu estafe sentem falta da vida na Espanha.

3 O Campeonato Francês não tem o mesmo destaque do Espanhol. Com menor prestígio do que costumava ter em jogos nacionais, Neymar só consegue a repercussão nacional a que está acostumado, agora, nas partidas da Liga dos Campeões.

4 A confusão com Cavani deixou marcas do racha no grupo. Apesar da aparência de que a situação foi apaziguada internamente, a discussão sobre quem seria o cobrador oficial de faltas e pênaltis no PSG deixou um “vácuo de poder” e liderança que ainda não foi superado.

5 Suas exigências “pouco convencionais” não agradam os franceses. Segundo apontou o jornal “Le Parisien”, Neymar determina que não pode sofrer entradas duras nos treinos e que não precisa marcar defensivamente durante as partidas.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter