Veja como ficaram Atlético, Goiás e Vila no ranking nacional de público em 2017

Melhor média de público goiana foi apenas a 28ª no ranking nacional

Times goianos ficaram em 28º, 29º e 33º em ranking nacional de público em 2017 | Foto: Divulgação

Times goianos ficaram em 28º, 29º e 33º em ranking nacional de público em 2017 | Foto: Divulgação

O ano de 2017 não foi o melhor para o futebol goiano.

Enquanto o rebaixamento foi a grande decepção dos atleticanos, os esmeraldinos passaram apuro com a possibilidade de jogar pela primeira vez a Série C e os colorados perderam a chance de entrar para a elite brasileira.

E, quando o assunto são torcedores em campo, a retrospectiva da temporada segue o exemplo do desempenho dos clubes.

Ranking goiano

Melhor média de público goiana, o Vila Nova foi apenas o 28º no ranking nacional das divisões brasileiras, com 7.287 por jogo. A arrecadação total do time foi de R$ 3.415.285 no ano.

O próximo goiano na lista é o Goiás (29º), que teve média de 6.202 torcedores por partida. Já a renda do Verde foi de R$ 1.928.232, devido ao baixo preço médio do ingresso (R$ 12).

Lanterninha da Série A, o Atlético teve média de 5.046 torcedores por confronto e ficou na 33ª posição nacional. A renda do clube, por sua vez, foi a maior: R$ 4.029.090.

Disputando a Série D, o Itumbiara conseguiu boa colocação, aparecendo na 34ª colocação com 5.000 torcedores por partida.

Fechando a participação dos goianos melhor colocados, o Anápolis foi o 47º, com 3.024 torcedores por jogo na Série D.

Confira o ranking completo no final da página.

LEIA MAIS: Goiás e Vila Nova trocam provocações PESADAS pela internet

Jogo entre Corinthians/SP x Atletico/MG na Arena Corinthians, válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017 | Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Jogo entre Corinthians/SP x Atletico/MG na Arena Corinthians, válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017 | Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Melhores do Brasil

Em 2017, o jogo com maior renda bruta do futebol nacional foi a final da Copa do Brasil. Mas nem Flamengo e nem Cruzeiro foram os campeões de público na temporada.

Com de 34.796 torcedores por jogo, o Campeão Paulista e Brasileiro Corinthians foi o responsável pela maior média de público pagante da temporada pela terceira vez consecutiva.

O feito do Timão foi mais expressivo ainda quando se olha para o lado financeiro. Cada partida do Corinthians teve arrecadação bruta de quase R$ 2 milhões com bilheteria, totalizando R$ 63,3 milhões no ano.

O segundo lugar na lista foi o São Paulo, que teve 33.635 pagantes por jogo. Seguido de perto pelo Palmeiras, que levou com 30.496 aficionados por partida na terceira posição.

Fechando o Top 5, Grêmio e Flamengo aparecem em quarto e quinto, consecutivamente. A média dos gaúchos foi de 21.649 pagantes por partida, já a dos cariocas foi de 20.802.

Renda

No quesito da renda total, o ranking muda ligeiramente, mas o Corinthians permanece na liderança, com R$ 63,3 milhões no ano.

O segundo lugar ficou com o Palmeiras. Dono do ticket médio mais caro do Brasil (R$ 61), o alvi-verde paulista arrecadou R$ 61,4 milhões em 2017.

Já o terceiro lugar em renda foi o Flamengo, com R$ 55,1 milhões. Os flamenguistas são seguidos por Grêmio (4º, com R$ 37,1 milhões) e São Paulo (5º, com R$ 26,4 milhões).

Ranking de público do futebol brasileiro Série A, B, C e D | Foto: Reprodução / Globo Esporte

Ranking de público do futebol brasileiro Série A, B, C e D | Foto: Reprodução / Globo Esporte

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter