Torcedores do Ceará querem que Goiás entregue jogo para prejudicar o Vila

Confortável na tabela, Verdão pode ajudar ou complicar vida do Tigre na Série B

Torcida do Goiás está empolgada com a boa fase do time e não gostou nada da ideia de entregar a partida | Foto: Rosiron Alves / Goiás EC

Torcida do Goiás está empolgada com a boa fase do time e não gostou nada da ideia de entregar a partida | Foto: Rosiron Alves / Goiás EC

Após uma boa sequência sem perder na Série B, o Goiás se encontra em uma posição de tranquilidade que raras vezes viveu neste campeonato. Tanto que alguns torcedores chegaram a debater se o clube deveria se esforçar para vencer uma partida em específico.

Trata-se do confronto contra o Ceará, pela 35ª rodada da Segundona, no dia 11 de novembro. Concorrentes diretos do Vila Nova a uma vaga no G4, os cearenses, ou apenas alguns de seus torcedores, iniciaram uma campanha nas redes sociais para que o Goiás entregue a partida no Serra Dourada e, assim, elimine as chances coloradas de acesso.

Especialistas preveem que 45 pontos são necessários para escapar do rebaixamento. O Verdão já tem 41 e, teoricamente, precisaria vencer apenas dois dos seus próximos sete jogos. Dessa forma, o clube poderia “aliviar” para o Vovô em Goiânia. Porém, os esmeraldinos estão longe de concordar com a ideia.

LEAI MAIS: Conheça o novo companheiro de Neymar. Juntos, atacantes valem R$ 1,5 bilhão

Também nas redes sociais, uma torcedora do Goiás criticou severamente a hipótese: “Isso é corrupção. Depois não poderão cobrar dos jogadores que entregarem jogos para derrubar técnico”.

CBDJ

E, de fato, a atitude representaria uma grave infração ao Código Brasileiro de Justiça Desportiva. De acordo com a regra, dirigentes que atuarem “de forma contrária à ética desportiva, com o fim de influenciar o resultado de partida” ou ainda prometerem “vantagem indevida para que, de qualquer modo, influencie o resultado de partida” são passíveis de multa de mais R$ 100 mil por infração e suspensão de mais de um ano.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter