Impressionante valor da transferência de Neymar para o PSG dobra recorde mundial

Atacante custaria não só o dobro do maior valor já pago na história como ultrapassaria gastos da equipe para montar elenco inteiro

Neymar e PSG podem quebrar todos os recordes do mercado da bola internacional | Foto: Reprodução

Neymar e PSG podem quebrar todos os recordes do mercado da bola internacional | Foto: Reprodução

Cobiçado por todos os clubes do futebol mundial, o brasileiro Neymar está prestes a quebrar mais um recorde impressionante em sua carreira. Caso o PSG pague a multa rescisória prevista em seu contrato com o Barcelona, o atacante vai custar 222 milhões de euros aos franceses, aproximadamente R$ 810 milhões.

Para ter uma noção melhor do tamanho dessa quantia, basta analisar a lista das maiores contratações da história do futebol. Atualmente, o atacante da Seleção Brasileira ocupa a quinta posição no ranking desde que foi comprado do Santos pelo próprio Barcelona por mais de 88 milhões de euros.

Nem mesmo somando os dois primeiros colocados é possível atingir o valor estipulado para Neymar. O atual recordista, Paul Pogba, foi comprado por 105 milhões de euros pelo Manchester. Já no segundo lugar, Gareth Bale foi para o Real Madri pela bagatela de 100 milhões de euros. Em terceiro, aparece o português Cristiano Ronaldo, comprado também pelo Real por 94 milhões.

LEIA MAIS: Festa de aniversário do Vila terá música ao vivo, open bar e churrasco à vontade

Dessa forma, a contratação de Neymar custaria para o PSG não só o dobro do maior valor já pago por qualquer atleta na história como também mais do que a equipe gastou para montar o elenco inteiro da última temporada.

Desconto

E, para tentar “economizar” um pouco, o Paris Saint-Germain estuda oferecer três jogadores badalados ao Barcelona. A ida de Matuidi, Di María e Lucas Moura reduziria a quantia negociada em mais de 70 milhões de euros, cerca de R$ R$ 258 milhões, devido a questões fiscais. As informações são do jornal espanhol AS.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter