Guarda Municipal irá patrulhar Av. T-63

Oi pai, oi mãe! Hoje entrei no facebook do Jornal Folha Z e li que parte da Avenida T-63 será monitorada pela Guarda Municipal. Achei muito legal essa iniciativa. Vocês sabiam disso? Acho que não né, pois bem, vou contar os detalhes deste projeto.

É notório que o índice de criminalidade na avenida aumentou bastante nos últimos anos e tem assolado moradores e comerciantes. Em menos de 1 ano, ocorreram dois crimes na T-63 que chocaram a sociedade. O primeiro foi latrocínio do bancário Delclécio Leda Azevedo Neto, 46 anos, dentro de uma agência bancária na galeria Monte Líbano e o assassinato da filha do deputado Luiz Carlos do Carmo, a advogada Michele Muniz, 31 anos, em frente a uma distribuidora de bebidas.

O fato da via concentrar polo comercial forte voltado para o público da classe média alta tem chamado atenção dos criminosos. Preocupada com a crescente criminalidade na região, a Guarda Municipal irá colocar em prática na avenida o projeto de Policiamento Comunitário.

Para tanto, no final de outubro, trecho da Avenida T-63, que vai da Praça Chafariz até a Praça Nova Suíça, terá segurança reforçada.  É o que afirma o diretor do Centro de Formação da Guarda Municipal, Weder Kenedy dos Reis. De acordo com ele, guardas municipais farão o patrulhamento a pé e de motocicleta na avenida, das 16 às 22 horas.

Anjos do Quarteirão

Weder Reis cita como exemplo de atuação os “Anjos do Quarteirão”, desenvolvido pela Guarda Municipal de Diadema (SP), que teve como objetivo introduzir a imagem do policiamento comunitário, enfatizando o aspecto preventivo e apostando sempre na proximidade com a população. Os Anjos do Quarteirão realizam rondas em duplas a pé, de bicicletas, motocicletas e motorizados em todos os bairros. Weder destacou ainda que “o atual modelo de polícia tradicional não é eficaz para diminuir a violência, pois esse modelo consiste, em sua grande maioria, no policiamento motorizado”.

A implantação do projeto de Policiamento Comunitário na Avenida T-63 pela Guarda Municipal teve início no mês de junho, e se estenderá até dezembro de 2012. A Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) fornecerá dados para que seja possível fazer o mapeamento da criminalidade, e direcionar as ações da Guarda Municipal para dias, horários e locais que visam atender melhor a população.

Segundo Valéria Martins, uma das coordenadoras do projeto, a área beneficiada foi dividida em três quadrantes prioritários. Cada quadrante terá uma dupla de guardas municipais que contará com apoio de uma motocicleta e um veículo. Estes veículos quando não estiverem em deslocamento, ficarão estacionados em pontos estratégicos do alto do Setor Bueno a fim de dar maior sensação de segurança tanto para os comerciantes, moradores, e principalmente para os usuários do comércio local.