Igreja no Bueno desmata margem de córrego

 

O flagrante foi feito pelo repórter Guilherme Coelho depois de receber denúncias

Mais um exemplo de desrespeito com o Córrego Vaca Brava, na divisa dos setores Bueno e Jardim América. Uma igreja evangélica localizada na Avenida T-7 com a Rua T-3, em virtude da reforma da mesma, está causando a destruição da mata ciliar e comprometendo o leito do manancial. É o que afirma os moradores do Jardim América.

O flagrante foi feito pelo repórter Guilherme Coelho depois de receber denúncias de moradores que residem próximo à igreja. Guilherme relatou ainda que um homem se aproximou dele eameaçou tomar sua máquina fotográfica.

Moradores do Jardim América notificaram a irregularidade à Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) e ao Ministério Público (MP-GO). Além disso, afixaram uma faixa com os dizeres “Por favor, respeite o Córrego Vaca Brava” sobre uma cerca que envolve o manancial.

Ontem, a Amma solicitou a paralisação da obra até sexta-feira, data estabelecida para os representantes da igreja apresentarem um plano de recuperação de área degradada.

Penalidades

O presidente da Amma, Pedro Henrique Gonçalves Lira, disse que vai se manifestar sobre multa após receber a documentação acerca do plano de recuperação da área degradada.

Resposta

O pastor Aluizio Antônio da Silva, fundador da Videira,  disse que a igreja vai cumprir todas as determinações da Amma e fazer o reflorestamento efetivo da área degradada.