Novo clipe de Clarice Falcão com nudez explícita é removido do YouTube

"Se não for para causar, melhor nem lançar nada”, escreveu a cantora

Clipe de Clarice Falcão repercutiu nas redes sociais | Foto: Reprodução

Clipe de Clarice Falcão repercutiu nas redes sociais | Foto: Reprodução

O mais novo clipe da cantora Clarice Falcão repercutiu nas redes sociais após ser lançado na noite desta terça-feira, 20. O vídeo da música “Eu escolhi você” contém várias cenas de nudez explícita e acabou removido do YouTube. Veja o vídeo abaixo.

Nas imagens que ilustram de forma bem-humorada os versos da canção, mulheres e homem aparecem nus dançando com close direto nas seus órgãos genitais. Na maior rede social de vídeos da internet, o YouTube, foi postada uma mensagem no lugar do clipe: “Este vídeo foi removido por violar as políticas do YouTube sobre nudez ou conteúdo sexual”.

LEIA MAIS: Paolla Oliveira revela fotos nuas enviadas e defende: ‘Pode! Deve!’

Pouco depois de divulgar o novo projeto, de canção faz parte do álbum “Problema Meu”, lançado em fevereiro deste ano, Clarice já antecipava a polêmica. No Twitter, a cantora comentou: “Gente, meu próximo clipe tem conteúdo considerado impróprio pela família brasileira. Sério mesmo. Onde eu posto? Como? E vou ser presa?”.

Mas, logo em seguida, defendeu a sua nova produção: “Se não for para causar, melhor nem lançar nada”, escreveu.

Vídeo

Apesar de ter sido removido do YouTube, o videoclipe ainda pode ser assistido em outras plataformas, como o Vimeo.

Clarice

Atriz, cantora, compositora, roteirista e humorista brasileira, a pernambucana foi indicada ao Grammy Latino na categoria Artista Revelação em 2013.

Em 2015, a Clarice já havia sido um dos nomes mais comentados no Twitter e mais buscados no Google depois do lançamento do vídeo com cover do Destiny’s Child que mostrava mulheres passando batom vermelho da maneira que desejassem. Umas passam pelo corpo e escrevem palavras como “padrão” e “sapatão”. O vídeo foi um manifesto pela liberdade feminina.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter