22 dicas para sobreviver a um assalto em Goiânia

A 5ª dica é novidade, a maioria faz o contrário. Lista mostra que muitos desconfortos podem ser evitados

dicas para sobreviver

dicas para sobreviver

Autor desconhecido fez uma lista com várias dicas para sobreviver a um assalto em cidades metropolitanas e violentas como Goiânia e os conselhos logo viraram febre nas mídias sociais. Segundo o autor, as dicas foram retiradas de uma palestra de segurança e partem do pressuposto de que o indivíduo ande desarmado e que não tenha intenção de reação contra o suspeito.

As informações que viralizaram afirmam que as razões para sobreviver diante alguma abordagem criminosa são: 90% prevenção, 5% reação e 5% sorte. Assim justifica que as dicas sejam em sua maioria preventivas.

A lista

1- Vidro do carro com Fumê/Insulfilm é questão de segurança pessoal (se o bandido não sabe o que se passa dentro do carro, ele pensa duas vezes em abordá-lo).

2- Observar sempre quando tiver em baixa velocidade e for parar o caro. Por exemplo em semáforos. Parar longe pra ter espaço e tempo pra acelerar se acontecer algo suspeito ou ter tempo para pensar em alguma reação. Tá vendo que o sinal vai fechar já fique sempre atrás, pois os primeiros são os principais alvos.

3- Usar celular dentro do carro é pedir pra ser assaltado. Se for ser abordado e estiver entretido com celular e for abordado, com o susto aumenta as chances de morrer.

4- Ao chegar em casa sempre esperar no meio da rua em paralelo ao portão até abrir completo para entrar para ter zona de escape.

5- Em casos que estiver em meio a troca de tiros, não deve deitar no chão. Um tiro no chão a 20° a bala segue rente ao chão. Procure um abrigo e fique agachado. Se tiver algum objeto disponível use, mesmo que a bala o atravesse, serve para diminuir o impacto da bala em você.

6- O bandido sempre faz a seleção da vítima mais fácil.

7- Caminhando na rua de encontro a alguém suspeito dar meia volta, correr e gritar. Se de carro e conseguir retorno volte, não arrisque.

8- Uma das mais importantes dicas para sobreviver é nunca ficar em um carro estacionado. Nunca!

9- Não deixe nada à vista dentro do carro estacionado. Deixe no porta-malas.

10- Se o carro tiver uma pane, tranque-o e abandone-o. Pode inclusive esconder-se a uma certa distância. Lembre-se. Carro não é um abrigo, é um alvo.

11- Observar se alguém lhe observa da sua rotina do dia a dia.

12- Não ponha adesivos de identificação no carro.

13- Entrou no carro estacionado em qualquer lugar? Saia imediatamente. Depois põe cinto, pega algo, batom, arruma as crianças etc, em lugar seguro.

14- Se alguém lhe segue de carro não de abertura lateral pro carro lhe ultrapassar. Se você está à frente, quem dá a direção é vc. Se deixar ele passar ele lhe tranca e assalta.

15- Se for abordado, peça calma somente uma vez e mantenha-se o mais calmo que conseguir.

16- Evite dar bobeira. Estar em lugares estranhos em horários inadequados. Sacar dinheiro a noite em bancos, etc. Se puder deixe pra depois, não se exponha achando que não acontece com você.

17- Se tiver que levar um tiro, que seja no meio da rua ou no estacionamento. Melhor do que em um lugar deserto que é propício para nos matar. Se criminoso quiser ir ao banco vai. Se de ele lá quiser ir pra outro canto pense em reação. Mas atenção a decisão de reação é bastante pessoal e somente nessa ocasião.

18- Se o bandido quiser alguma coisa avise que vai pegar. Com movimentos leves, pegue e dê. Não deixe ele pensar em entrar no seu carro nem mande ele pegar nada. Obedeça.

19- Olhe nos olhos pra sentir se o cara está drogado, mas não encare. Se sentir que está, cuidado redobrado, o risco é muito maior.

20- Reparar nas mãos sempre.

21- Deixe de ser curioso. Viu alguma coisa suspeita? Vá embora.

22- Deixe o controle do carro ao lado da cama. Quando estiver suspeitando de invasão em sua casa, aperte o botão que tranca o carro e mantenha apertado por alguns segundos até que o alarme seja disparado. Se possível avise os vizinhos sobre o alarme para quando o momento chegar eles possam te ajudar.

E você, leitor do Folha Z, o que acha destas dicas? Discorda de alguma? Deixe seus comentários e, se tiver outras dicas, comente também.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter