10 dicas para que você não seja assaltado no ônibus em Goiânia

Ex-delegado e especialista em segurança dá conselhos para quem não quer ser vítima da criminalidade

Especialistas dá dicas de segurança para usuários dos ônibus em Goiânia | Foto: Reprodução/CMTC

Especialistas dá dicas de segurança para usuários dos ônibus em Goiânia | Foto: Reprodução/CMTC

De acordo com o ex-delegado e especialista em segurança Jorge Lordello, algumas medidas e precauções podem ser determinantes para evitar que o passageiro do transporte coletivo seja assaltado em ônibus em Goiânia.

Com os conselhos do Dr. Segurança em mãos, o Folha Z as adaptou para que reflitam melhor a realidade da criminalidade na região da Grande Goiânia.

O que você acha das dicas? Deixe um comentário aí embaixo!

LEIA MAIS: 22 dicas para sobreviver a um assalto em Goiânia

Dicas de segurança

1) Evite ficar sozinho em pontos de ônibus isolados, especialmente à noite.

2) No interior de ônibus com poucos passageiros, sente-se próximo ao motorista.

4) Dentro do coletivo, coloque a carteira, a bolsa, pacotes ou sacolas à frente do seu corpo.

5) Cuidado com objetos alvo dos ladrões, como, bolsas, carteiras, correntes, pulseiras, etc.

6) Evite ficar junto à porta de embarque e de desembarque, pois é o local propício para a prática de ladrões.

7) Se sentar junto à janela, fique atento e não abra muito o vidro.

8) Não carregue muito dinheiro, nem deixe a carteira no bolso de trás.

9) Para esperar o ônibus, procure as paradas mais movimentadas ou localizadas em frente a estabelecimentos comerciais.

10) Em ônibus superlotado, cuidado com pessoas que insistem em conduzir seus pacotes ou bolsas.

Jorge Lordello é especialista em segurança e foi delegado em SP | Foto: Divulgação

Jorge Lordello é especialista em segurança e foi delegado em SP | Foto: Divulgação

Dr. Segurança

Jorge Lordello é bacharel em Direito e foi delegado de Polícia em São Paulo por mais de 20 anos. Também trabalhou como comentarista de segurança no programa “A Tarde É Sua”, de Sônia Abrão, e agora comanda o programa “Operação de Risco” na Rede TV.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter