Bichectomia: conheça a cirurgia para diminuir as bochechas

Procedimento adotado para corrigir problemas de saúde é popular entre as celebridades

Angelina Jolie, Victoria Beckham, Kim Kardashian e Megan Fox passaram pela bichectomia (Foto: Reprodução)

Angelina Jolie, Victoria Beckham, Kim Kardashian e Megan Fox passaram pela bichectomia para diminuir as bochechas (Foto: Reprodução)

Cada vez mais popular entre celebridades em busca de perfeição estética, como Angelina Jolie e Kim Kardashian, no início, a bichectomia começou a ser adotada cirurgicamente como um procedimento para corrigir problemas de saúde.

O cirurgião dentista Fernando Mota, da clínica Mota Odontologia, explica detalhadamente tudo o que você precisa saber sobre o procedimento usado para diminuir as bochechas. Confira!

1. O que é a bichectomia?
É um procedimento cirúrgico por meio do qual é feita a retirada de um tecido adiposo (gordura) por nome de bola de Bichat na região das bochechas.

A ex-BBB Natália Casassola também já passou pelo procedimento (Foto: Reprodução)

A ex-BBB Natália Casassola também já passou pelo procedimento (Foto: Reprodução)

2. Como é feita a operação?
Faz-se uma incisão (corte) pequena intraoral para retirar a gordura. A anestesia é local. O pós-operatório é tranquilo, o paciente é medicado e fica em repouso total durante 3 dias. Mas depois de 10 dias já pode voltar às suas atividades normais.

3. A cirurgia deixa cicatriz?
Fica uma cicatriz muito pequena e interna, já que o acesso da cirurgia é por dentro da boca.

4. Em que casos é recomendada? E em quais não é?
São pacientes que têm as bochechas com um volume maior. Normalmente estes pacientes têm o habito involuntário de mordiscar as bochechas. Porém, antes de mais nada, deve-se analisar formato do rosto para que seja indicada a cirurgia ou não!

Ator Rodrigo Santanna também diminuiu as bochechas (Foto: Reprodução)

Ator Rodrigo Santanna também diminuiu as bochechas (Foto: Reprodução)

5. A partir de que idade é o ideal?
Não existe regra, porém, deve-se avaliar a idade fisiológica de cada paciente. Em mulheres, normalmente, depois dos 18 e homens, 21 anos.

6. Que tipo de problema pode ser resolvido com esse procedimento?
O mordiscar das bochechas é a maior indicação, mas o paciente deve ser avisado que o procedimento resultará em diferenças em sua face, como afinamento do rosto, evidenciação da maçã do rosto. Isso depende de cada caso.

LEIA MAIS: Especialista alerta para o perigo do uso do glutaral nos cabelos

7. É caro? É coberto por planos de saúde?
É um procedimento cirúrgico que deve ser realizado por um profissional capacitado, porém os valores são acessíveis. Cada paciente deve procurar seu plano de saúde e verificar se cobre ou não o procedimento.

8. As bochechas podem voltar a “crescer” depois da bichectomia?
Não, esse procedimento é irreversível. Ou seja, a gordura retirada depois de diminuir as bochechas não volta a crescer. Mas o ganho de peso depois do procedimento pode diminuir os efeitos que conseguimos após a cirurgia.

Gostou do assunto e quer saber mais? Agende uma consulta com o cirurgião dentista Fernando Mota na Clínica Mota e descubra se a bichectomia é indicada para o seu caso: (62) 3256-2518.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Mota Odontologia Bichectomia