Festa para o futuro

Os aprovados em Goiânia devem fazer as matrículas nos dias 21 e 22 de março, no Centro de Cultura e Eventos Professor Ricardo Freua Bufáiçal, no Campus Samambaia

Os aprovados em Goiânia devem fazer as matrículas nos dias 21 e 22 de março, no Centro de Cultura e Eventos Professor Ricardo Freua Bufáiçal, no Campus Samambaia

Momentos depois que a Universidade Federal de Goiás (UFG) divulgou o resultado da 2ª fase do vestibular 2013, no início da tarde de sexta-feira, dia 15, o Parque Vaca Brava, no Setor Bueno, ficou abarrotado de gente.

Comemoração dos calouros

O parque já se transformou em palco de comemoração dos calouros e novamente recebeu centenas de estudantes, que, ao longo de toda a tarde, festejaram a aprovação com amigos e familiares, cheios de empolgação. Ovos quebrados na cabeça, tinta, cerveja, pinga. Valia tudo para comemorar o feito.

Das 5.001 vagas oferecidas neste processo de seleção, 2.985 são para os cursos de Goiânia, 1.032 de Catalão, 816 de Jataí e 168 para a cidade de Goiás. As outras 1.139 vagas são para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ao todo, 20% das vagas vão para cotas que incluem negros, pardos, índios, estudantes de escola pública e, a partir deste ano, alunos carentes.

Matrículas

Os aprovados em Goiânia devem fazer as matrículas nos dias 21 e 22 de março, no Centro de Cultura e Eventos Professor Ricardo Freua Bufáiçal, no Campus Samambaia. Já os aprovados no interior devem procurar o campus da cidade onde irão estudar.

Segundo a organização do certame, mais de 31 mil candidatos se inscreveram para concorrer a uma das 5.001 vagas oferecidas (somando vagas do PS 2013-1 e remanescentes do Sisu) pela UFG. Dos candidatos aprovados, 2.146 se declararam estudantes de escolas públicas, o que equivale a 50,02%. Foram convocados 4.290 candidatos em primeira chamada e 843 vagas não foram preenchidas.

Logo após a divulgação, a festa tomou conta do Parque Vaca Brava. Estudantes dos mais variados cursos se juntaram para comemorar a aprovação.

Natália Leão Eliam, 17 anos, pintou o rosto para comemorar a seleção para o curso de Medicina Veterinária. No Parque Vaca Brava, ela festejou junto com o amigo Alexandre Almeida Bessa de Lima, 18, que foi aprovado para ingresso no curso de Psicologia.

Os dois estudaram em escolas particulares. Alexandre estava fazendo Psicologia na Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC/GO). “Ganhei um beijo de uma veterana”, comemorou ele.

Quem também não se continha de tanta felicidade era Raissa Veiga, 20 anos, selecionada para o curso de Medicina. Ao lado da mãe, a bancária Mônica Girão, ela festejava também a aprovação na Escola Superior de Ciências da Saúde, em Brasília. “Valeram a pena os dois anos estudando em cursinho”, disse Raissa.

 

(Manoel Messias / DA)