Homem vai à delegacia prestar depoimento e acaba preso em Caldas Novas

Vitor foi preso em Caldas Novas após ir a delegacia da comarca como testemunha em inquérito policial | Foto: Divulgação/PC
Vitor foi preso em Caldas Novas após ir a delegacia da comarca como testemunha em inquérito policial | Foto: Divulgação/PC

Um homem foi preso em Caldas Novas (GO) na manhã desta segunda-feira, 21, após prestar depoimento na Delegacia de Polícia de Caldas Novas como testemunha em inquérito policial.

Na ocasião, Vítor Jorge, 28 anos, havia comparecido ao local visando servir apenas como testemunha em um inquérito que abordava outra investigação.

Porém, um dado chamou a atenção da polícia durante o cadastramento de Vítor. Para a surpresa da PC, foi constatado que havia um mandado de prisão preventiva contra ele, proveniente da comarca de Nerópolis.

LEIA MAIS: Inquérito contra homem que matou assaltante é arquivado em Goiânia

A ação foi motivada pela suspeita de prática do crime de estelionado, que estava sob investigação. Após confirmado o mandado, o suspeito foi preso em Caldas Novas.

Vitor se encontra detido no presídio local e deve permanecer à disposição da Justiça enquanto tramita o processo contra ele.

Outro preso em Caldas Novas
Também foi emitido, na última sexta-feira, 18, mandado de prisão preventiva contra homem por praticar crimes de ameaça, difamação e injúria contra ex-companheira em Caldas Novas.

Já haviam sido determinadas anteriormente medidas protetivas de urgência em favor da vítima, porém Claudisney da Rocha as descumpriu, o que ocasionou sua prisão.

A jovem, que hoje vive em Jarágua (GO), relatou que ele chegou a postar fotos íntimas dela em redes sociais. Ele também teria ameaçado a sua filha, de 8 anos.

O acusado já soma seis ações movidas por crimes envolvendo violência doméstica contra mulheres.

Ele permanecerá preso em Caldas Novas até que o processo movido seja concluído.

Acompanhe o Folha Z no FacebookInstagram e Twitter