Multas mais frequentes em motos (6 e 7 suspendem a CNH)

ATENÇÃO condutor: a Prefeitura de Goiânia informa que o videomonitoramento já está funcionando e tem como intuito fomentar o respeito entre os condutores

Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas

O videomonitoramento da Prefeitura de Goiânia, visando promover a segurança no trânsito, vai multar o motociclista que for flagrado em 7 situações diferentes. O sistema começou operar nesta segunda-feira, 17, nos arredores do Parque Vaca Brava, localizado no Setor Bueno. As câmeras estão instaladas nas Avenidas T-15, T-10, T-3, T-5 e Rua T-66.

O corredor Universitário e a área de embarque e desembarque do Aeroporto Internacional de Goiânia serão os próximos locais que receberão o videomonitoramento.

LEIA MAIS: Os 20 carros mais roubados em Goiás. A lista vai te surpreender

Veja quais as 7 multas mais frequentes praticadas pelo motociclista:

1 – Estacionar de forma irregular
O condutor terá que pagar multa no valor R$130,16 e recebe 4 pontinhos na habilitação. A infração é considerada média.

2 – Ultrapassar outro veículo na contramão
Infração gravíssima. Condutor recebe 7 pontos e multa no valor de R$2.934,70. Essa dói no bolso!

3 – Avançar o sinal vermelho
A infração é considerada gravíssima. 7 pontos na carteira e uma multa no valor de R$ 293,47

4 – Jogar ou abandonar lixo nas ruas
Tal iniciativa da Prefeitura foi muito elogiada pelo cidadão. Infração de porte médio. O motociclista ganha 4 pontos na carteira e multa no valor de R$ 130,16.

5 – Dirigir sem o uso do capacete de segurança*
Gravíssima. Condutor recebe 7 pontos na carteira, além de ter que pagar multa no valor de R$ 293,47. A infração ocasiona suspensão do direito de pilotar, bem como apreensão do documento de habilitação.

6 – Conduzir motocicleta com farol desligado*
Infração gravíssima e multa de R$ 293,47. Recebe 7 pontos. O condutor tem o direito de pilotar suspenso (por um período de um a 12 meses), além da apreensão da carteira. É importante manter a manutenção da motocicleta em dia e estar sempre atento para não esquecer de ligar o farol. Lembrando que o agente de trânsito não precisa parar o motociclista para aplicar a multa.

7 – Fazer manobras radicais*
É fácil ver pelas ruas motociclista empinando moto ou realizando outro tipo de manobra radical. O condutor que for flagrado terá que pagar multa de R$293,47. A infração é considerada gravíssima. 7 pontos na carteira. Suspensão da permissão para pilotar por um período de um a 12 meses. Apreensão da habilitação e da motocicleta.

Se houver mais de um motociclista praticando manobras perigosas e o agente entender que causou perigo a outro condutor ou transeunte a multa vai para R$ 2.934,70.

LEIA MAIS: Piloto desmaia a 225 km/h e sofre acidente de moto impressionante

Acompanhe o Folha Z no FacebookInstagram e Twitter

Doutor Fernando Mota: clareamento dental

implante-dentario-em-goiania