Pais são presos suspeitos de estuprar a filha de dois anos em Goiás

Segundo a Polícia Civil (PC), um familiar da vítima acionou a corporação para denunciar o caso. Os suspeitos negaram o crime

Pais são presos suspeitos de estuprar a filha de dois anos em Valparaíso de Goiás| Foto: Divulgação/Polícia Civil

Pais são presos suspeitos de estuprar a filha de dois anos em Valparaíso de Goiás| Foto: Divulgação/Polícia Civil

Pais foram presos nesta quarta-feira, 23, suspeitos de abusar sexualmente da própria filha, de apenas dois anos de idade, em Valparaíso de Goiás, Entorno do Distrito Federal, a cerca de 190 km de Goiânia.

Segundo a Polícia Civil (PC), um familiar da vítima acionou a corporação para denunciar o caso. Os suspeitos negaram o crime. A prisão é válida por 30 dias, mas pode ser prorrogada.

O denunciante afirmou que a menor apresentou um comportamento estanho que não era compatível à idade dela. Ele então decidiu fotografar partes íntima da menina e apresentar junto ao Boletim de Ocorrência (BO).

A delegada responsável pelo caso, Isis Santana Leal, disse que as fotos chamaram a atenção da PC, pois apresentavam alergia na região das partes íntimas da garota, o que, segundo a delegada, não é comum em uma menina de dois anos.

LEIA MAIS: Apreensão de veículo com IPVA atrasado é ilegal, explica advogado

A criança foi conduzida ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer exames de corpo de delito e ficará aos cuidados da avó paterna, a qual será responsável pela bebê até a próxima decisão da Justiça.

O casal foi preso no apartamento em que moravam com a filha. Ainda no local, os policiais identificaram uma porção de maconha. A PC, eles confessaram que são usuários de drogas.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter