Aproveitando barulho de fogos de artifício, 16 presos fogem da cadeia pelo teto em Goiás

"Esses presos cometeram os mais diversos tipos de crime graves. Seguimos as buscas para pegar os que ainda estão foragidos", disse um subtenente

Presos escaparam por buraco no teto de cela na Cadeia Pública de Cristalina, GO | Foto: Reprodução

Presos escaparam por buraco no teto de cela na Cadeia Pública de Cristalina, GO | Foto: Reprodução

No Entorno do DF, 16 presos conseguiram fugir da Cadeia Pública de Cristalina na madrugada do último domingo, 25. A Polícia Militar informou que o grupo escapou depois de fazer um buraco no teto da cela.

“Esses presos cometeram os mais diversos tipos de crime graves. Seguimos as buscas para pegar os que ainda estão foragidos”, disse o subtenente Nilton Cordeiro Vasco ao portal G1.

Depois de romper o teto da cela, os detentos pularam o muro da unidade prisional. E, segundo um agente prisional que não estava trabalhando durante a fuga e preferiu não se identificar, a ação dos criminosos não foi identificada pela carceragem por causa de um distração que acontecia no momento.

LEIA MAIS: Estadunidense é morto a facadas por namorado da sogra no Setor Leste Universitário

“O que se diz aqui é que foram os fogos [de artifício] durante as festas de Natal. Os agentes não ouviram [quando os presos fugiram] e só descobriram depois”, disse o servidor.

Secretaria de Segurança

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), seis dos foragidos já foram recapturados e encaminhados para Luziânia.

A SSPAP ainda informou que a direção da unidade investigará os fatos para determinar as eventuais responsabilidades.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter