Técnica em enfermagem é assassinada momentos antes de iniciar plantão no Hugol

Cristina Cerqueira foi atingida por socos e facadas desferidas no tórax e na garganta

Cristina Cerqueira era técnica em enfermagem e se preparava para iniciar plantão no Hugol quando foi assassinada | Foto: Reprodução / Facebook

Cristina Cerqueira era técnica em enfermagem e se preparava para iniciar plantão no Hugol quando foi assassinada | Foto: Reprodução / Facebook

Uma técnica em enfermagem que trabalhava no Hospital de Urgência Governador Otávio Lage (Hugol), foi assassinada a caminho da unidade no último sábado, 28, no Setor Santos Dumont, em Goiânia. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime passional.

Cristina Cerqueira foi atingida por socos e facadas desferidas no tórax e na garganta por um homem que fugiu em um veículo Chevrolet Ônix por volta das 23h. Ela não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no local.

De acordo com a Polícia Civil, vizinhos relataram ter ouvido gritos de socorro da vítima. Além disso, colegas de trabalho contam que Cristina teria se separado do marido havia pouco tempo e era ameaçada pelo homem. A investigação apura se câmeras de segurança na região registraram o momento do crime.

LEIA MAIS: [VÍDEO] Policial do Choque troca tiros com agente do Bope e morre em Goiânia

Por meio de nota, o Hugol lamentou a morte da funcionária e disse estar em luto pelo ocorrido.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter