Traficante ‘playboy’ morador de condomínio de luxo é preso em Goiânia

Ele já tinha sido preso por tráfico, documento falso, posse de droga e atropelamento de pedestre na Av Anhanguera

Traficante “playboy” é preso após repetidos flagrantes em Goiânia | Foto: Polícia Civil

Traficante “playboy” é preso após repetidos flagrantes em Goiânia | Foto: Polícia Civil

Um traficante foi preso nesta quinta-feira, 22, após repetidos flagrantes de crime em Goiânia.

Paulo Roberto de Souza Junior foi alvo de mandado de prisão preventiva por crime de tráfico de drogas requerido pela titular da 23ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP), Érica Botrel Teixeira, após investigação.

Paulo Roberto foi preso em flagrante de tráfico ainda em 2015. Já em dezembro de 2017, ele foi preso novamente em flagrante por trafegar em seu veículo Corola usando documento falso, falsificação de sinal metálico empregado pelo Poder Público e posse de droga para consumo próprio.

Nessa última ocorrência, ele ainda atropelou uma pessoa em cima da faixa de pedestre na linha exclusiva do Eixo Anhanguera.

LEIA MAIS: Roda trava e viatura da PM capota na GO-020, em Goiânia

Após o atropelamento e prisão, a Justiça ordenou o recolhimento noturno para o criminoso.

No entanto, em desobediência à medida judicial, ele foi flagrado por câmeras de segurança traficando ecstasy e consumindo bebidas alcoólicas durante a madrugada na condução do mesmo veículo Corolla.

Traficante “playboy” é preso após repetidos flagrantes em Goiânia | Foto: Polícia Civil

Traficante “playboy” é preso após repetidos flagrantes em Goiânia | Foto: Polícia Civil

A prisão ocorreu em área nobre do Jardim Goias em um condomínio de luxo. O próprio Paulo Roberto é morador de um condomínio nesse bairro.

Prisão

De acordo com a autoridade policial, Paulo Roberto foi detido nas proximidades do Alphaville Flamboyant, no trecho da saída de Goiânia para Senador Canedo.

Segundo a delegada, o local é caracterizado pela intensa presença e circulação de traficantes e usuários de entorpecentes. “Pedestres que circulam no local são frequentemente atropelados por pessoas sob efeito de drogas”, afirmou Botrel.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter