Com melhorias, Unifan se tornará centro universitário. Entenda a diferença

Instituição deve deixar de ser faculdade após atender requisitos do MEC. Veja com que muda

Unifan deve migrar de faculdade para centro universitário | Foto: Reprodução

Unifan deve migrar de faculdade para centro universitário | Foto: Reprodução

A Faculdade Alfredo Nasser tem tudo pronto para se tornar tornar Centro Universitário. É um passo importante para uma instituição cresce em número de alunos e de serviços.

A perspectiva é de que a migração do título de faculdade para centro universitário ocorra até o fim do ano. No entanto, o ultimato é dado pelo Conselho Nacional de Educação após conclusão de todos os trâmites.

Para entender melhor a classificação do Ministério da Educação (MEC), as Instituições de Ensino Superior (IES) podem ser Faculdades, Centros Universitários e Universidades.

A classificação não indica maior ou menor qualidade, pois cada instituição possui atribuições e focos diferentes.

As faculdades são conhecidas pela prioridade mais mercadológica e técnica. Já as universidades por seu foco acadêmico, isto é, na área da pesquisa e extensão.

LEIA MAIS: Unifan abrirá novo curso de Odontologia em Goiânia

Um centro universitário é buscado por quem quer conciliar uma carreira profissional e acadêmica, uma vez que equilibra seu enfoque entre a área técnica e a pesquisa.

Unifan
Hoje, a Unifan possui 16 cursos de graduação, além de dezenas de cursos de pós-graduação em diversas áreas. Há ainda vários programas de iniciação científica.

Segundo o diretor acadêmico da instituição Carlos Alberto Vicchiatti, o MEC deu relatório de parecer para a criação do Centro, que foi acatado pela faculdade.

Agora, a Unifan aguarda o trâmites burocráticos no Conselho Nacional de Educação, que se reúne apenas uma vez por mês.

Mais novidades
A Unifan se movimenta ainda para a criação de um campus em Pontalina (Go), a 128 km de Goiânia.

Segundo Vicchiatti, toda a documentação solicitando o novo campus foi enviada para o MEC, que ainda precisa fazer uma avaliação in loco para dar continuidade ao projeto.

Ainda de acordo com o diretor, não há previsão para a visita do MEC.

Mais cursos
Também segue em andamento a implementação do curso de Odontologia na instituição. O autorização foi concedida pelo MEC há cerca de três meses.

A Unifan agora aguarda manifestação favorável dos conselhos de saúde à criação do curso.

Sobre a criação de outros cursos para a unidade de Goiânia, Carlos disse que a faculdade deve fazer um mapeamento das demandas da sociedade goiana.

“A gente fica atento ao que sociedade pede. A sociedade vai indicar, e a gente busca identificar e organizar essa demanda.”

Acompanhe o Folha Z no FacebookInstagram e Twitter