Pau que dá em Chico dá no Papa Francisco
“Tenha respeito pela verdade e forte sentido ético em relação aos casos de assédio sexual e de corrupção envolvendo membros da Igreja Católica”

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Papa Francisco foi o primeiro pontífice latino-americano (Foto: Reprodução)

Papa Francisco foi o primeiro pontífice latino-americano (Foto: Reprodução)

Pau que dá em Chico dá no Papa Francisco

Sou fã assumido do Papa Francisco, o argentino mais simpático e carismático na face da terra. Concordo com 90% de suas opiniões, muitas delas polêmicas. A última recomendação do pontífice merece registro por ser direcionada aos jornalistas: “Tenham respeito pela verdade e forte sentido ético”, orientou com sabedoria, acrescentando que a informação “precisa ter compromisso com o bem da humanidade e do planeta”. Duas palavras fundamentais no dicionário do bom profissional da comunicação: verdade e ética.

Recuo após forte pressão

E como a classe jornalística é questionadora por natureza, a mesma recomendação merece ser devolvida ao Papa Francisco: “Tenha respeito pela verdade e forte sentido ético em relação aos casos de assédio sexual e de corrupção envolvendo membros da Igreja Católica”. O pontífice argentino, verdade seja dita, até tentou agilizar a investigação dos inúmeros fatos registrados pelo Vaticano, entretanto recuou diante de pressão interna e da péssima imagem para os católicos. Pau que dá em Chico dá no Papa Francisco.

LEIA MAIS: Kajuru diz que não apoiará Iris nem Vanderlan no 2º turno: ‘Votei nulo’

Dedé, Zezé e reação de mané

O zagueiro Dedé, do Cruzeiro, foi a última “celebridade” a apelar com internautas depois de postar um vídeo, em seu perfil no Instagram, destacando o trabalho de recuperação no departamento médico do clube. O jogador não entra em campo desde fevereiro em função de uma cirurgia no joelho direito. O longo tempo inativo motivou brincadeira de um cruzeirense: “Quando será a sua formatura em Medicina?”, zoou. A resposta de Dedé acertou em cheio a mãe do internauta.

Tiro no pé virtual

Reações infantis como a do zagueiro cruzeirense são cada vez mais comuns entre pessoas públicas nas redes sociais. Quem opta pela exposição, independente do motivo, está sujeito a críticas e zoações no implacável mundo virtual. Assim como Dedé, o cantor Zezé di Camargo é outro famoso que odeia comentários negativos, ou seja, o ônus da exposição. O sertanejo exibe a namorada de forma excessiva, mas não aceita críticas e comparações com sua ex-mulher. Resumindo: seja Dedé ou Zezé, apelar em rede social é coisa de Mané. Um autêntico tiro no pé.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter