PM marca reunião com moradores do Jardim América

A reunião foi proposta pelo comandante do policiamento metropolitano, o coronel Queiroz

Os moradores do Jardim América terão a oportunidade de discutir e pedir soluções para os problemas de segurança pública à Polícia Militar na próxima quarta-feira (4), às 19h30, na Igreja São Sebastião, localizada na Rua C-5 com C-33.

A reunião foi proposta pelo comandante do policiamento metropolitano da Polícia Militar, o coronel da Polícia Militar, Márcio Queiroz, que esteve no encerramento da terceira edição do projeto “O bairro que eu tenho, o bairro que eu quero”, neste sábado (31), no Jardim América.

O item segurança pública foi escolhido por 42% moradores do maior bairro de Goiânia como o que há de pior na opinião na região. A população participou da votação de “O bairro que eu tenho, o bairro que eu quero” na sexta-feira (30).

Polícia Civil

Durante participação no Jornal Anhanguera 1ª Edição, o secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás, João Furtado Neto, afirmou que vai orientar a Polícia Civil a intensificar as ações de investigação na área para ver se é possível melhorar o nível de segurança do bairro. “Se houver necessidade de reforço de policiamento, de investimento, o estado está pronto a fazer. Não há nenhuma dificuldade”, diz o secretário.

2º Conseg

O presidente do 2º Conselho Comunitário de Segurança e Defesa Social (2º Conseg), Humberto Masatoshi Matsuda, resalta que é constante a reclamação de moradores e empresários não só do bairro Jardim América, mas de várias regiões de Goiânia.

Entretanto, ele ressalta que os moradores e empresários do bairro Jardim América, muitas vezes pessoas vítimas de crimes são convidados a participarem de reuniões do 2º Conseg.“Dessas pessoas convidadas, muito raramente algumas participam”, afirma Humberto, enfatizando que sem a participação popular fica mais difícil resolver os problemas do bairro.

Com informações da TV Anhanguera