Andrey Azeredo critica propostas demagógicas e aposta em seus 20 anos de experiência na administração pública

Caso Iris não saia vencedor em 2016, Azeredo garante que auxiliará o Executivo com todo o seu conhecimento técnico e experiência mesmo na oposição

Candidato a vereador Andrey Azeredo (PMDB) | Foto: Marco Faleiro

Candidato a vereador Andrey Azeredo (PMDB) | Foto: Marco Faleiro

Candidato a vereador, Andrey Azeredo (PMDB) aposta nos seus mais de 20 anos de experiência dentro da administração pública para conquistar o eleitor goianiense. Segundo ele, todo esse período serviu como preparação para o exercício de mandato na Câmara Municipal.

“Iris vai ser prefeito”, prevê Azeredo. Mas, caso a profecia não se concretize, o candidato garante que contribuirá com o Executivo mesmo na oposição, colocando à disposição todo o seu conhecimento técnico e experiência.

LEIA MAIS: Greve dos motoristas é suspensa até terça em Goiânia

Quanto à novidade que trazem as alterações eleitorais, Andrey acredita que o tempo reduzido de campanha beneficiará os candidatos que buscam a reeleição. “Essas eleições têm como tema principal a insegurança. Mas o eleitor precisa ter cuidado com as propostas demagógicas, que nem mesmo têm respaldo na legislação brasileira”, disse.

Para Azeredo, Goiânia precisa modernizar a prestação de serviços. Itens como emissão de certificados para empresas e vacinação, citou, são exemplos de serviços públicos que deveriam ser completamente informatizados, realizados com o auxílio da internet e até mesmo por meio de um aplicativo mobile próprio.

LEIA MAIS: Pré-candidato a vereador, Rener Bilac abraça bandeira da base da PM no Jardim América

Azeredo em entrevista ao repórter Marco Faleiro (Foto: Guilherme Coelho)

Azeredo em entrevista ao repórter Marco Faleiro (Foto: Guilherme Coelho)

Violência

A respeito da violência, o candidato acredita que o município deve agir intensamente na melhora da educação, já que escolas de qualidade impactariam positivamente na geração de empregos, na segurança e até mesmo no respeito às leis de trânsito. “É um investimento a longo prazo, mas não é uma proposta absurda dita somente para agradar os ouvidos do eleitor”, afirmou.

Trânsito

Quanto ao trânsito, área de que tem muito conhecimento devido à sua atuação na Secretaria Municipal de Trânsito, Azeredo aposta no transporte coletivo. Para ele, a mobilidade pública pode ser financiada tanto por parquímetros (área azul) quanto por mobiliário urbano (publicidade do setor privado em cima das placas de endereços ao redor da cidade).

Para o peemedebista, a descrença dos brasileiros com a política em geral só poderá ser aplacada com ações concretas e isso, promete, não vai faltar da sua parte.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter