Aposentadoria de R$ 15 mil para primeira-dama é aprovada por unanimidade pelo TCE

Governador Marconi Perillo afirmou considerar completamente normal o processo de aposentadoria da sua esposa

Aposentadoria: primeira-dama do Estado de Goiás Valéria Perillo

Aposentadoria: primeira-dama do Estado de Goiás Valéria Perillo irá receber mais de R$ 15 mil por mês | Foto: reprodução

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) aprovou por unanimidade o pedido de aposentadoria da primeira-dama Valéria Perillo. Para o tribunal, o pedido de aposentadoria integral com salário bruto de R$ 15.206,43 é legal.

A procuradora de Contas Maísa Barbosa se manteve contrária à inclusão da Vantagem Pessoal Nominalmente Identificável (VPNI) de R$ 7.602,53 à aposentadoria. Porém, os conselheiros adotaram o parecer do relator Saulo Mesquita favorável à integralidade do pagamento.

Marconi

Comentando o caso, o governador Marconi Perillo (PSDB) afirmou considerar completamente normal o processo de aposentadoria da sua esposa. “Nunca vi qualquer pessoa perguntar pela aposentadoria de um desembargador, um juiz, um promotor, um delegado de Polícia, um professor, um procurador do Estado, um fiscal. Ela (Valéria) chegou à conclusão de que tinha os requisitos para se aposentar, entrou com pedido e é algo muito natural.”

Contradição

O colunista Rodrigo Czepak, na nota “Ser ou não ser honesto” da coluna Jogo Limpo, questionou a posição do governador:

“Ainda sobre o tema aposentadoria, necessário reproduzir trecho de entrevista do governador Marconi Perillo no dia 30/11, portanto há 15 dias: ‘Outra coisa que tem sido discutida é a idade mínima para se aposentar. Eu acho que não é certo que uma pessoa que ganha um salário alto se aposente com 50 anos de idade, com 45 anos de idade, e vai levar essa aposentadoria por mais 40 anos para frente. Quem paga isso é o povo, essas coisas precisam ser discutidas honestamente’.”

Continue lendo:

Valéria Perillo defende que sua aposentadoria é legal e que seu trabalho é reconhecido pelo goiano

Ministério Público quer anular aposentadoria de R$ 15 mil da primeira-dama Valéria Perillo 

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Implante dentário