Caiado governador de Goiás em 2018? Senador falou tudo ao Folha Z

"Disputei a Presidência da República em 1989, o Governo de Goiás em 1994 e depois disputei cinco mandatos de deputado federal e fui eleito", disse

 

📍Frente a frente com o senador Ronaldo Caiado | Com ou sem o PMDB, será candidato em 2018?

Publicado por Folha Z em Quinta, 6 de abril de 2017

Em visita à Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia, o senador Ronaldo Caiado (DEM) falou ao Folha Z sobre o cenário político de Goiás e comentou sobre uma possível candidatura em 2018. A entrevista foi ao ar ao vivo no Facebook do Folha Z. Assista ao lado.

Segundo o senador, os 20 anos que se passaram desde a sua primeira disputa ao Governo do Estado não foram motivados por uma decepção com o primeiro pleito. “Disputei a Presidência da República em 1989, o Governo de Goiás em 1994 e depois disputei cinco mandatos de deputado federal e fui eleito. Todos nós temos momentos de vitória e de derrota”, disse.

Ele ainda afirmou que gostaria de disputar as eleições estaduais em 2018. Mas, para Caiado, o projeto precisa partir de uma aliança entre os partidos coligados DEM e PMDB. De acordo com o democrata, uma candidatura majoritária não é possível de maneira isolada.

LEIA MAIS: Autoescola que aumentar aprovação no Detran terá isenção de IPVA

DEM e PMDB podem lançar Ronaldo Caiado governador em 2018 | Foto: Reprodução

DEM e PMDB podem lançar Ronaldo Caiado governador em 2018 | Foto: Reprodução

“Em 2016, não conseguimos uma vitória do Iris Rezende em Goiânia e do sucessor de Maguito em Aparecida? Isso sinaliza que precisamos continuar no mesmo caminho. Democratas e PMDB juntos ganhando as eleições e chegando ao Palácio das Esmeraldas em 2019”, afirmou.

Avenida Paulista

Perguntado sobre sua participação em manifestações na Avenida Paulista, e não em Goiás, Estado que representa no Senado, o democrata afirmou que se tratava de um movimento nacional. “Nós sabemos que São Paulo é uma cidade cosmopolita. Quantos goianos não estão lá? É momento de dar voz a Goiás no maior cenário que existe. Um goiano poder ter espaço na mídia nacional. Goiás tem capacidade de dizer o ritmo da política nacional”, comentou.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter