Candidato a prefeito é investigado pela polícia por irregularidade em combustíveis

Zélio Cândido (PSB) atribui “motivações políticas” ao envolvimento na "Operação Bomba-Baixa"

candidato-zelio-candido

Candidato a prefeito de Senador Canedo, Zélio Cândido, é suspeito de irregularidades na medição das bombas de combustíveis |Foto: Reprodução

Candidato à Prefeitura de Senador Canedo, Zélio Cândido (PSB) deve ser indiciado por envolvimento no escândalo dos postos de combustíveis investigado pela Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) e o Procon Goiás.

Zélio é sócio-proprietário do Postos Vitória Ltda, na cidade, um dos estabelecimentos em que os agentes de perícia identificaram irregularidades na medição das bombas de combustíveis na chamada “Operação Bomba-Baixa”.

O delegado responsável pelo caso, Webert Leonardo Lopes Santos, destacou que todos os proprietários dos 11 postos onde foram identificadas irregularidades serão indiciados por crime de violação dos direitos do consumidor.

LEIA MAIS: Candidata a vereadora é esfaqueada durante campanha em Anápolis

Foi descoberto que a quantidade de combustível que aparecia no visor da bomba medidora era inferior à quantidade transferida ao tanque do carro do cliente.

LEIA MAIS: Prefeito critica candidatos e afirma: “Fiz um terço dos parques de Goiânia”

“Perseguição política”

Em resposta, o candidato utilizou seu perfil oficial no Facebook nesta segunda-feira, 30, para negar as acusações. Durante as imagens, Cândido diz que não existe irregularidade nas bombas do Posto Vitória e ainda atribui “motivações políticas” ao envolvimento da empresa nas irregularidades apuradas pela “Operação Bomba-Baixa”.

“Na última semana fui acusado de estar cometendo irregularidades com as bombas do Posto Vitória. Como toda a minha vida e minha campanha são baseadas na verdade, apresento a vocês o vídeo onde os fiscais do Procon provam que as bombas estão ok e um dos técnicos responsáveis deixa claro que nunca houve alteração na bomba nem no combustível”, destacou o candidato.

CONFIRA O VÍDEO:

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter