Candidatura a prefeito de Lucas Calil esfria enquanto seu partido se aproxima do PT [VÍDEO]

0
6

Em evento que empossou concursados da polícia, o deputado estadual Lucas Calil (PSL) reiterou que a aproximação entre o seu partido e o PT está sendo conduzida pelo diretório municipal da legenda.

Ele fez questão de deixar bem claro que está completamente afastado do processo: “Isso não é uma decisão que passa por mim. Como em qualquer partido democrático, é uma decisão colegiada. Leva-se muito em consideração a vontade dos nossos pré-candidatos a vereadores e cabe aos prefeitáveis também saber articular”, afirmou.

Questionado sobre a possibilidade de seu pai e presidente estadual do PSL Benitez Calil assumir a Agência Municipal de Trânsito, Lucas preferiu não comentar, mas ressaltou que a articulação é feita pelo diretório municipal. “Por mim isso nunca passou, até porque sou um crítico ferrenho não do PT, mas de qualquer administração que apresente qualquer deficiência”, disse.

Segundo o deputado, Benitez Calil deu autonomia para que os diretórios de cada município decidam sobre o que é melhor para sua cidade ou para a chapa de vereadores.

LEIA MAIS: Fornada de candidatos a ministro – Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Candidatura 

Lucas Calil também deu a entender que não pretende mais lançar seu nome como candidato a prefeito. “Dei uma recuada na minha candidatura porque o PSL não tem tempo de televisão expressivo”.

Para ele, outro ponto que desmotiva são os debates, dos quais ele ficaria de fora porque o partido não possui mais de dois deputados federais eleitos. “Acho melhor continuar o trabalho que venho fazendo na Assembleia, lá depende só de mim”, afirmou.

Santana Gomes

Quanto ao rumor de que ele e seu colega deputado estadual Santana Gomes (PSL) estavam em conflito, Lucas rebateu qualquer informação nesse sentido. “Santana Gomes é um deputado aguerrido, é meu amigo particular. Eu tenho visto [essa informação] através da imprensa, mas eu e o Santana estamos juntos todos os dias na Assembleia”, finalizou.