Rio Meia Ponte: 15 litros de chorume são jogados por minuto na água

Denúncia foi feita no plenário na Câmara Municipal de Goiânia na manhã desta quinta-feira, 16, pelo vereador Cabo Senna (PRP)

Mau cheiro na região do Rio Meia Ponte foi denunciado pelo vereador Cabo Senna (PRP) | Foto: Divulgação/Câmara Municipal

Mau cheiro na região do Rio Meia Ponte foi denunciado pelo vereador Cabo Senna (PRP) | Foto: Divulgação/Câmara Municipal

Em plenário na Câmara Municipal de Goiânia na manhã desta quinta-feira, 16, o vereador Cabo Senna (PRP) denunciou problemas de mau cheiro na região do Rio Meia Ponte.

Segundo ele, ano após ano, moradores dos setores próximos ao curso d’água, tais como Goiânia 2 e Santa Genoveva, “sofrem com o forte odor que exala do leito do rio”.

O vereador afirmou que a causa do odor forte é o “chorume despejado diariamente no Meia Ponte, na ordem de 15 litros por minuto, vindo da empresa Cargill/Unilever e da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Saneago”.

Histórico

E o problema é antigo. Em 2011 a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Secima) atribuiu ao polo industrial da região o problema e a Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) responsabilizou a ETE/Saneago. Cabo Senna pede que o poder público tome providências para solucionar o problema que se arrasta há anos.

CONTINUE LENDO

Os 20 carros mais roubados em Goiás. A lista vai te surpreender

Ameaça de bomba na UFG assusta estudantes

Vila Nova tem menor torcida “digital” entre grandes goianos

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter