Projeto na Assembleia determina desconto na tarifa da conta de água em dias que faltar abastecimento

"Se o consumidor paga uma tarifa mensal mínima que independe do seu consumo, nada mais justo", afirmou o deputado Karlos Cabral (PDT)

Conta de água pode ser mais barata se faltar água | Foto: Reprodução

Conta de água pode ser mais barata se faltar água | Foto: Reprodução

Tramita na Assembleia Legislativa de Goiás projeto que dá ao consumidor o direito de desconto de 1/30 (um trinta avos) sobre o valor da tarifa mínima mensal do serviço na conta de água e esgoto por cada dia que não houver fornecimento de água.

A matéria (projeto de lei nº 519/17), assinada pelo deputado Karlos Cabral (PDT), foi encaminhada para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) para fins de relatoria.

O texto proposto prevê que a Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) não poderá efetuar cobrança de débito pelo serviço referido enquanto não solucionada a falta de fornecimento e lançada, em fatura, o valor do desconto a que o consumidor tem direito. A proposição elucida, ainda, que se a lei for infringida, o infrator arcará com multa no valor de R$ 3.000 por cada autuação, aplicada em dobro em caso de reincidência.

LEIA MAIS: Notícia falsa de bebê em carro roubado inunda WhatsApp

Justificativa

“Assim, se o consumidor paga uma tarifa mensal mínima que independe do seu consumo, nada mais justo que tenha, em contrapartida, a garantia do fornecimento de água por todo o período do mês a que se refere a fatura, razão pela qual, ocorrendo a falta do serviço, a empresa prestadora de serviços de água deve abater o valor da tarifa, proporcionalmente à quantidade de dias em que ausente o serviço”, justifica Karlos Cabral.

Se aprovado na CCJ, o projeto terá que passar por dois turnos de votação em Plenário antes de seguir para sanção do governador Marconi Perillo (PSDB).

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter