Nota Oficial: Folha Z contesta acusações do vereador Jorge Kajuru

Como resposta, o veículo refuta as acusações e faz questão de rebater as críticas depreciativas feitas pelo parlamentar

Folha Z rebate acusações e críticas do vereador Jorge Kajuru | Foto: Reprodução/ Facebook

Folha Z rebate acusações e críticas do vereador Jorge Kajuru | Foto: Reprodução/ Facebook

Em discurso na tribuna da Câmara de Goiânia e, depois, em transmissão ao vivo nas suas redes sociais nesta quarta-feira, 7, o vereador Jorge Kajuru (PRP) difamou o Folha Z ao chamar o veículo de “jornaleco fantasma” que não é lido por ninguém.

Veja no vídeo abaixo.

Como resposta, o Folha Z refuta as acusações e faz questão de rebater as críticas depreciativas feitas pelo parlamentar.

O veículo respeita a opinião do vereador no quesito “jornaleco”, afinal, é só uma opinião. Mas, quando se trata dos fatos, é preciso reconhecer que o Folha Z é um jornal que já conquistou prestígio e reconhecimento.

Os prêmios de jornalismo do Detran e do Sincor, além do terceiro lugar do Prêmio CDL, todos conquistados em 2017, são provas da valorização do trabalho realizado pelo jornal.

Hoje, o Folha Z é referência no jornalismo digital. Chamar o veículo de “fantasma”, ou seja, inexistente, apenas por não mais contar com uma versão impressa (descontinuada em 2016), demonstra uma visão ultrapassada sobre a comunicação moderna.

A atuação do veículo na internet e, em especial, nas redes sociais, é diária e em tempo real, atingindo milhares de pessoas com imediaticidade.

LEIA MAIS: Kajuru quer premiar motorista goianiense que não tiver infrações

O Folha Z exige que a história do jornal seja respeitada!

O jornal surgiu em 2003, dentro de um colégio estadual no Jardim América. Desde então, participa ativamente nas lutas da comunidade local em busca de melhor segurança, saúde e educação.

O veículo não nasceu com o intuito de faturar com a publicidade de órgãos públicos, como foi sugerido pelo vereador. Essas divulgações pagas são consequências de um longo e incansável trabalho.

Sobre a veiculação de anúncios da Prefeitura de Goiânia, o jornal foi contemplado após análise de critérios de mídia técnica, não mídia política.

A prefeitura, por meio de dados e estatísticas, concluiu que o Folha Z tem audiência qualificada tanto no site quanto nas mídias sociais, em especial Facebook e Instagram.

Jorge Kajuru lê o Folha Z em foto tirada em 2014 | Foto: Arquivo

Vereador Jorge Kajuru lê o Folha Z em foto tirada em 2014 | Foto: Arquivo

Registro

Jorge Kajuru afirma que nunca ouviu falar do Folha Z. Mas uma fotografia tirada em 2014 na Produtora Canal, de propriedade do presidente estadual do partido do vereador, mostra o contrário.

Na foto, Kajuru aparece conferindo a capa de uma das edições impressas do Folha Z.

LEIA MAIS: Tapete vermelho para Kajuru na Câmara (OPINIÃO)

Pedido

Feito esse esclarecimento, o único desejo do Folha Z é que a verdade seja esclarecida e que Kajuru admita que errou ao fazer acusações falsas a respeito do veículo.

O jornal tem a consciência de que, hoje, não goza da audiência do outros veículos tradicionais no Estado, mas acredita que, com trabalho árduo, atingirá um público igual ou ainda maior no futuro próximo.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter