‘Ofereço um voto: o meu’, disse Francisco Jr ao lançar apoio a Vanderlan

"O que ofereço pro Vanderlan é um voto: o meu. Os meus eleitores podem seguir ou não", disse em entrevista na manhã desta sexta (7)

Francisco Jr anunciou apoio a Vanderlan (Foto: Guilherme Coelho/Folha Z)

Francisco Jr anunciou apoio a Vanderlan (Foto: Guilherme Coelho/Folha Z)

Quarto colocado no primeiro turno das eleições para a Prefeitura de Goiânia, Francisco Júnior (PSD) deu detalhes nesta sexta-feira (7) do seu apoio a Vanderlan Cardoso na disputa contra Iris Rezende no segundo turno.

“Tem mais coincidências com o nosso projeto aquilo que é apresentado pelo projeto do candidato. Então esse somatório de situações, de fatores, o apoio, as propostas, o projeto, a disposição em acatar as nossas propostas, tudo isso reunido criou um ambiente favorável para eu declarar esse apoio”, afirmou.

Já Vanderlan disse que, com o apoio de Francisco Jr, a campanha vai ganhar outros rumos: “Estou muito feliz e vou ouvir as ideias dele”, afirmou.

Segundo Francisco, Vanderlan se demonstrou muito receptivo às propostas. Porém, não foi acertado ainda se propostas pontuais do ex-candidato serão incluídas na plataforma do pessebista. “Nós não conversamos esse detalhe. Ficou combinado de a minha equipe conversar com a sua equipe e nós melhorarmos, darmos a nossa contribuição ao seu projeto e a partir daí avançarmos em questões mais objetivas”, disse Francisco.

Francisco Jr ao lado de Vanderlan Cardoso e Thiago Albernaz (Foto: Guilherme Coelho/Folha Z)

Francisco Jr ao lado de Vanderlan Cardoso e Thiago Albernaz (Foto: Guilherme Coelho/Folha Z)

Votos

O ex-candidato também contou que ainda não foi debatido ele participará ativamente da campanha. Nesse momento, eu apenas estou declarando apoio. Não sei nem se ele quer. Então é conversar. Eu estou à disposição, sou homem público, comprometido com Goiânia e não posso me furtar a desejar o bem para a nossa cidade”, declarou.

Francisco Júnior disse também que não pedirá que seu eleitor escolha sem refletir o seu candidato no segundo turno: “Nesse momento, o que ofereço pro Vanderlan é um voto: o meu. Os meus eleitores podem seguir ou não. A liberdade tem que ser total. Estamos em uma democracia, o que eu defendo muito é o voto consciente. Que aquele que acredita em mim, que avalie, que conheça os meus argumentos e meus motivos para fazer a opção por Vanderlan”.

LEIA MAIS: Pesquisa aponta Iris 10 pontos à frente de Vanderlan no segundo turno

Iris

Francisco contou também que conversou com Iris Rezende. “Fiz questão de conversar de novo antes de declarar meu apoio pro Vanderlan. Acho que era o mínimo de respeito que devo a ele, um homem que contribuiu muito com o Estado de Goiás, com Goiânia. Fui assessor de Iris, ele me deu uma oportunidade”, revelou.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter