Henrique Arantes sugere aliança entre PMDB e PSDB em Goiás e critica secretariado do governo

Henrique Arantes

Deputado Henrique Arantes (PTB) criticou secretariado governista (Foto: Reprodução)

O deputado estadual Henrique Arantes (PTB) defendeu a postura do presidente interino do Brasil, Michel Temer (PMDB), na construção de um governo de coalizão no país e fez uma proposta diferente.

Arantes chegou a convidar as bancadas do PSDB e do PMDB na Assembleia Legislativa para se unirem em prol do fortalecimento de Goiás e do combate à crise política e econômica que reflete nos Estados.

A proposta, porém, não foi bem aceita pelas colegas de ambos os partidos. Para o deputado estadual José Vitti, líder do PSDB na Assembleia, essa aliança não é viável. “PSDB e PMDB em Goiás são adversários históricos. Enquanto Iris estiver encabeçando o partido dele e Marconi o nosso, essa união nunca se concretizará”, afirmou.

LEIA MAIS: Governo Temer traz alívio político e cria condições para tirar Brasil do atoleiro, diz Marconi

 

Secretários

Henrique também se mostrou descontente com a postura do Executivo estadual em relação à Assembleia. Para ele, há falta de reconhecimento e descaso com o trabalho dos deputados da base aliada do governador Marconi Perillo (PSDB).

Arantes acredita que os secretários do governo tratam com “descaso” o Poder Legislativo, que garantem a “governabilidade do Executivo” por meio do apoio a projetos polêmicos.