Marconi defende criação do SUSP: Sistema Único de Segurança Pública

Governador disse que esse assunto não pode mais ser discutido, precisa se tornar realidade com URGÊNCIA

Marconi Perillo em encontro de governadores na capital do Acre | Foto: Pedro Barbosa

Marconi Perillo em encontro de governadores na capital do Acre | Foto: Pedro Barbosa

Durante o “Encontro de Governadores do Brasil pela Segurança e Controle das Fronteiras – Narcotráfico, uma Emergência Nacional”, em Rio Branco (AC), nesta sexta-feira, 27, o governador Marconi Perillo defendeu maior participação do Governo Federal na Segurança Pública.

Perillo argumentou em favor da integração efetiva dos Estados e do Governo Federal na criação do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP). “Essa questão da integração do Sistema Único de Segurança não pode ser mais discutida, precisa se tornar realidade”, afirmou, após criticar a inexistência, na Constituição Federal, da obrigatoriedade da União vincular recursos do orçamento para a Segurança Pública.

No evento, governadores assinaram uma carta a ser entregue ao Governo Federal propondo a criação de um Sistema Nacional de Segurança Pública, para combater o narcotráfico, garantir a proteção eficaz das fronteiras e a integração das atividades de inteligência e informações dos governos estaduais e federal.

LEIA MAIS: Finalmente! Chuva cai em vários pontos de Goiânia

Os ministros da Integração, Defesa, Justiça, Relações Exteriores e representantes do Gabinete de Segurança Institucional participaram do encontro. “É importante que os senhores saiam daqui ainda mais comprometidos com essa angústia que os estados vivem hoje”, disse Marconi aos ministros.

Demanda

Para o governante, a Segurança Pública é a primeira demanda da sociedade. “Fazemos pesquisas constantes. Mais de 60% da população aponta como prioridade máxima a questão da Segurança. Há quase 20 anos bato em uma única tecla: temos que ter mudança na Constituição. Passou da hora de a Constituição Federal obrigar a vinculação de receitas do orçamento da União à Segurança Pública”, enfatizou.

 

 

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter