Oloares diz ter sido agredido por vereador, cabos eleitorais e irmão de prefeito

Prefeito de Goianira disse que Oloares receberia cerca de setenta mil reais para veicular reportagens negativas sobre a prefeitura

Oloares Ferreira é agredido na porta da delegacia em Goianira| Foto: Reprodução/Facebook

Oloares Ferreira é agredido na porta da delegacia em Goianira| Foto: Reprodução/Facebook

O apresentador do Balanço Geral, programa exibido pela TV Record Goiás, Oloares Ferreira, denuncia ter sido agredido verbalmente por cabos eleitorais, um vereador e o irmão do prefeito em Goianira, Região Metropolitana da capital, na manhã desta segunda-feira, 26.

Segundo Oloares, o prefeito de Goianira e candidato a reeleição, Miller Assis (PSD), disse, durante uma entrevista a uma rádio local, que o apresentador receberia cerca de setenta mil reais para veicular reportagens da cidade. O prefeito foi denunciado por calúnia e difamação.

Na companhia do advogado, o jornalista registrou uma denúncia contra o político, quando foi surpreendido por agressões verbais na saída do Distrito Policial (DP). De acordo com Ferreira, ele só não foi vítima de agressões físicas graças aos policiais civis que interviram.

LEIA MAIS:Gustavo Bueno apresenta propostas ousadas para o combate às drogas e a educação financeira

“Me encontrei com esse prefeito duas vezes: uma quando o entrevistei após a vitória e num show onde ele passou por mim. Exijo respeito. Não tenho culpa por ele estar “mal” avaliado pelos eleitores. Por isso registrei ocorrência para que ele prove o que disse. Se ganhar a indenização que vou pedir destinarei todo o valor ao Centro de Valorização da Mulher (Cevam)”, disse Oloares Ferreira, que além da delegacia também esteve no Fórum da Cidade para protocolar a ação contra o prefeito.

Procurada pelo Folha Z, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Goianira negou as agressões.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter