“Você tem que pedir perdão a Deus”, diz Professor Alcides a Mendanha

Na primeira entrevista que concedeu após as eleições, Professor Alcides disse ao Folha Z que está magoado com acusações "terríveis" feitas durante a campanha

Professor Alcides Rodrigues disse que Gustavo Mendanha o procurou para pedir perdão | Foto: Folha Z

Professor Alcides Rodrigues disse que Gustavo Mendanha o procurou para pedir perdão | Foto: Folha Z

As eleições para a Prefeitura de Aparecida de Goiânia, além de sagrarem Gustavo Mendanha (PMDB) como sucessor de Maguito Vilela (PMDB), marcaram disputas acirradas entre os concorrentes. E, na primeira entrevista que concedeu após o pleito, Professor Alcides (PSDB) disse ao Folha Z que, apesar da mágoa, torce pelo sucesso do prefeito eleito.

“Não deixei de ser amigo do Gustavo. Nós disputamos uma eleição, mas o que me magoou na campanha foram algumas acusações terríveis, inclusive na imprensa, e eu disse isso para ele em um encontro que tivemos”, contou o Professor. “Ele veio me pedir perdão e eu disse: você tem que pedir perdão a Deus; perdoar por coisas como essas que você andou fazendo, eu não tenho como te perdoar”, declarou.

LEIA MAIS: Conheça os possíveis secretários de Gustavo Mendanha em Aparecida

Segundo Alcides, sua campanha foi “limpa, transparente, sem acusações, sem denegrir a imagem de ninguém”, diferente de outros candidatos. Para ele, sua campanha foi “dura”, mas criticou “coisas reais”, sem fazer “acusações indevidas”.

Mas, apesar das desavenças, Professor Alcides disse torcer para que Gustavo Mendanha faça uma boa administração. “Sabemos que não é fácil administrar uma cidade como Aparecida e ele vai herdar muitos pepinos, rolos, escândalos que vão estourar em 2017/18 em relação à administração que está se encerrando”, comentou.

Prefeito eleito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (PMDB) / Foto: divulgação

Outro lado

O Folha Z tentou contato com o prefeito eleito Gustavo Mendanha, sem sucesso. Mas, de acordo com sua assessoria de imprensa, Gustavo não tem relação com as acusaçãos às quais se refere o Professor.

Tudo teria acontecido em um comício organizado pelo PRP no Jardim Tropical, divisa de Goiânia com Aparecida, quando um candidato a vereador da capital teria feito acusações ao então candidato Alcides Ribeiro. Neste momento, Mendanha não estava presente no local. De acordo com a assessoria, o prefeito eleito apenas teria subido ao palanque depois que o candidato a vereador saiu do local e nunca teria participado do evento caso tivesse conhecimento das acusações feitas ao Professor.

A assessoria afirmou ainda que não faz parte do perfil político de Mendanha este tipo de atitude, já que o prefeito eleito fez uma campanha respeitosa com todos os adversários do início ao fim.

Segundo a assessoria, esse incidente também magoou bastante Gustavo, já que ele nutre amizade de longa data com Alcides, apesar de terem ficado em lados opostos durante a disputa política.

Maguito

O Professor não perdeu a oportunidade para também criticar a gestão de Maguito, que cumpriu dois mandatos à frente da prefeitura. “Sabemos que foi uma administração ruim, embora muitos considerem como boa. Acho que o atual prefeito fez uma administração macro, ele se preocupou com obras, mas esqueceu do povo.

Para o professor, que ainda não definiu seu futuro na política, muito mais poderia ser feito em uma cidade que tem arrecadação tão alta quanto a de Aparecida de Goiânia.

O Folha Z entrou em contato com a Assessoria de Comunicação do prefeito Maguito Vilela, que preferiu não comentar o assunto.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter