De olho em voltar ao Governo de Goiás, PMDB se une em torno de Daniel Vilela

0
4
Encontro do PMDB na quinta-feira, 14, encerrou a maratona de 17 eventos do partido em Goiás | Foto: Divulgação
Encontro do PMDB na quinta-feira, 14, encerrou a maratona de 17 eventos do partido em Goiás | Foto: Divulgação

Em Encontro Regional do PMDB na última quinta-feira, 14, o prefeito Iris Rezende prometeu participar ativamente do processo eleitoral de 2018.

O evento, que ocorreu no Centro de Cultura e Convenções de Goiânia, encerrou a maratona de 17 eventos do partido em Goiás.

Além de unir as lideranças do PMDB, os encontros tiveram como foco o fortalecimento ao nome do deputado federal Daniel Vilela como candidato a governador de Goiás pelo PMDB.

Prefeito Iris Rezende | Foto: Divulgação
Prefeito Iris Rezende | Foto: Divulgação

Além de ser prefeito da Capital e peça fundamental para união e fortalecimento do PMDB, Iris Rezende disse, em discurso, que não ficará omisso durante o processo eleitoral.

LEIA MAIS: Promotora recomenda a volta da meia passagem estudantil em Goiânia

“Minha carreira política tem como foco o bem-estar do povo”, ressaltou, acrescentando ser um homem de partido, que sempre caminhará com o PMDB, que precisará de alianças bem selecionadas.

Maguito

Também citado por quase todos os oradores, o ex-governador Maguito Vilela agradeceu Iris Rezende pela contribuição ao partido.

“Você transformou Goiás em todos os sentidos e temos que honrar e dignificar o político imortal Iris Rezende Machado, que vai ficar para eternidade pelo que ele fez pelo seu povo”, afirmou.

Daniel

A tônica do encontro foi demonstrar unidade em torno da candidatura de Daniel Vilela ao governo em 2018.

“Estamos em diálogo com todas as cidades goianas para construir um projeto que esteja de acordo com os anseios da população”, afirmou Daniel Vilela, mencionando ainda a exigência da militância para que, prioritariamente, seja ampliado o leque de alianças partidárias para o próximo ano.

“Resgatamos o compromisso de ir até os companheiros em seus municípios para escutar críticas, sugestões sobre o cenário eleitoral e os projetos políticos do partido”, disse, lembrando que a executiva retomará atividades já em janeiro.

“Aprofundamos a democracia interna do PMDB em Goiás. Líderes políticos que não seguem o desejo de suas bases flertam com o fracasso”, resumiu Vilela.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter