Suposto hacker tenta matar Bruno Santiago

O líder estudantil Bruno Santiago não morreu. A falsa notícia foi divulgada na véspera da virada do ano e causou confusão e muita tristeza. Segundo Bruno, o seu facebook teria sido hackeado e, o suposto hacker, que se identificou como irmã do Bruno, publicou falsa notícia comunicando a morte do líder estudantil.

No facebook, Bruno credita a falsa notícia a hacker