Retorno do auxílio emergencial é aprovado em primeira votação na Câmara

Segunda votação deve ocorrer ainda na manhã desta 4ª feira (10)

Auxílio deve ser de R$250, segundo Jair Bolsonaro - Foto: Reprodução

Foi aprovado em primeira votação, na madrugada desta 4ª feira (10), a proposta de emenda à Constituição (PEC) de retomada do auxílio emergencial.

Chamada de PEC Emergencial, 341 deputados federais votaram sim para a volta do benefício, enquando 121 parlamentares deram voto contrário. Outros 10 se abstiveram.

O segundo turno da votação deve ocorrer ainda hoje, às 10h.

A PEC Emergencial já foi aprovada no Senado.

O valor do auxílio, segundo o presidente Jair Bolsonaro, será de R$250.

O gasto total da medida para os cofres públicos será de R$44 bilhões.

O governo também pretende cortar os beneficiários pela metade e alcançar cerca de 32 milhões de brasileiros.

Comentários do Facebook