Câmeras passam a fiscalizar e multar infrações de trânsito nas Avenidas São Paulo, Tapajós e Rudá, em Aparecida de Goiânia

Cruzamento trânsito nas Avenidas São Paulo, Tapajós e Rudá, em Aparecida de Goiânia
O primeiro cruzamento a receber as placas informativas foi o das Avenidas São Paulo, Tapajós e Rudá / Foto: divulgação

A Superintendência Municipal de Trânsito de Aparecida de Goiânia (SMTA) começou a instalar na última sexta-feira, 17, placas informativas que sinalizam os cruzamentos de avenidas no município que possuem câmeras de videomonitoramento e que agora passarão também a multar motoristas infratores. A liberação para o uso das câmeras de videomonitoramento veio por meio da Resolução 532 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), de 17 de julho deste ano.

Avenida Rio Verde

O primeiro cruzamento a receber as placas informativas foi o das Avenidas São Paulo, Tapajós e Rudá. “Mas todos os cruzamentos que tiverem as câmeras serão fiscalizados para evitar a infração de trânsito, como os cruzamento em toda a extensão da Avenida Rio Verde que há câmeras nos cruzamentos com Avenida São João e Ruas Maria Cardoso e José Leandro”, salienta o superintendente.

De acordo com o superintendente da SMTA, Valdemir Souto, as câmeras de videomonitoramento que auxiliam Guarda Municipal e também a Polícia Militar, agora irá fiscalizar motoristas que infringirem as leis de trânsito. “Os motoristas que forem flagrados pelas câmeras avançando o sinal vermelho serão multados. Esse é mais um mecanismo para proporcionar mais segurança no trânsito, já que avançar o sinal é uma das infrações mais recorrentes e que causam mais acidentes nas vias urbanas”, comenta o superintendente.

Utilizada como meio para coibir os infratores

Valdemir explica que um agente será destacado para monitorar as câmeras na Central de Videomonitoramento e registrar as infrações. E as câmeras já começam a multar a partir da implantação das placas informativas. “No caso do cruzamento da Avenida São Paulo com Rudá, a câmera está em manutenção e assim que for reinstalada já será utilizada como meio para coibir os infratores. E são esses motoristas que precisam se preocupar, já que aqueles que obedecem as leis de trânsito podem ficar tranquilos”, pontua.

Comentários do Facebook