Coluna de Quadrinhos – O Mundo de Edena ganha quarto volume

Na trama, Stel ainda busca por sua amada, Atana
Na trama, Stel ainda busca por sua amada, Atana

A saga dos viajantes espaciais Atana e Stel, de O Mundo de Edena, criada pelo genial Moebius, chega a seu quarto volume. Nesse belo lançamento da Editora Nemo, acompanhamos de perto as aventuras e desventuras de Stel, na busca por sua amada Atana.

Fantástico, brilhante, onírico, as mesmas características dos três volumes anteriores – Na Estrela, Os Jardins de Edena e A Deusa – mantêm-se em Stel. Desta vez, encontramos o personagem-título ainda separado de Atana, vagando através das vastas extensões e paisagens fabulosas do misterioso planeta Edena. O rio que ele seguia se perdeu nas areias do deserto e não há mais um caminho definido. Em meio a esse ambiente inóspito, fugindo de dinossauros com cabeças de pássaro, Stel acaba encontrando um grupo de seres com máscaras narigudas, os mesmos tipos que sequestraram Atana. Ele decide ajudá-los a consertar seu transporte avariado, na esperança de reencontrar sua amada.

Incansável e obstinado, Stel se depara com seres estranhos, lagartos telepáticos e belas fadas. A cada encontro, novos perigos ou enigmas são lançados para nosso herói. Mas, capturado pelos seguidores da Paterna, entidade que domina os habitantes de Edena, ele acaba enviado a um destino desconhecido. Seu único guia é a mensagem de uma edelfa: “Ochandaï Swanii Atana”, que significa “A deusa Atana vai morrer se nada for feito”.

Reviravoltas

Este quarto volume da saga de O Mundo de Edena mostra-se em alguns momentos terrível e opressor. Talvez expressando uma vontade do autor de falar sobre o desejo por poder e a loucura que ele traz… Mas, em uma trama cheia de surpresas, como sempre acontece nas HQs de Moebius, o leitor encontrará reviravoltas até o último momento.

Moebius

Jean Giraud (Moebius) nasceu em Nogent-sur-Marne, na França, em 1938. Começou sua carreira como artista de quadrinhos aos 18 anos, publicando sua primeira história, “Frank et Jeremie”, para a revista Far West. Tornou-se mais conhecido ao desenhar a série de faroeste Blueberry, publicada pela revista Pilote. Em 1963, Jean Giraud dá vida a seu pseudônimo Moebius na revista Hara Kiri, onde publica diversas histórias. Em 1974, ajuda a criar a revista de fantasia e ficção científica Mètal Hurlant, com as primeiras histórias de Arzach. Como Moebius, o artista francês também colaborou em diversos filmes de ficção científica, como Alien (1979), Tron (1982) e O Quinto Elemento (1997). Faleceu em 10 de março de 2012, em Paris. A Editora Nemo já publicou do autor a fantástica Coleção Moebius, com as HQs que o consagraram, além da belíssima série O Mundo de Edena.

Dicas

OQueAconteceuHomemDeAcoSuperman: o que aconteceu ao homem de aço?

2013

Panini

Alan Moore

Quem gosta do herói azulão vai com certeza apreciar o material. Mas quem não gosta, mas curte um bom texto para histórias em quadrinhos, também pode querer experimentar a leitura pelo excepcional trabalho de Alan Moore. São quatro histórias do homem de aço em um momento de grande inspiração de Moore. E para quem ficou curioso com como as histórias do herói poderão acabar, bem, esta HQ tem a resposta.

Comentários do Facebook