Coluna Na Marca do Pênalti – Desempenho dos times goianos na Copa do Brasil. Goiás, Atlético e Anapolina

Na marca do Pênalti

Goiás, Atlético e Anapolina entraram em campo nessa quarta-feira (1º) pela Copa do Brasil. No final das contas uma vitória, um empate e uma derrota, respectivamente.

Por fim, foi um saldo positivo e relativamente normal pelo nível das equipes goianas e, consequentemente, dos adversários.

Classificado

O Goiás confirmou uma classificação que já estava garantida. Mesmo sem ter um time que passe confiança, principalmente em uma competição nacional, a equipe está na próxima fase.

Érik foi o destaque do Goiás na vitória sobre o Santo André (Foto: Site Goiás Esporte Clube)
Érik foi o destaque do Goiás na vitória sobre o Santo André (Foto: Site Goiás Esporte Clube)

O time esmeraldino não levou sustos e nem gols de um Santo André que um dia quis ser grande ao vencer essa mesma Copa do Brasil, mas hoje não passa de uma equipe pequena, sem expressão e com um título que o Goiás busca há anos.

O time de Wagner Lopes agora enfrenta o Independente, do Pará, que eliminou o Icasa. Mais uma equipe fraca que o Goiás deve eliminar, mas não vamos nos eludir com isso. A Copa do Brasil tem data de validade para o esmeraldino.

1 a 1

Com riscos de não conseguir uma classificação para a semifinal do fraco Campeonato Goiano, o Atlético foi a Alagoas e voltou com um empate. Por fim, um bom resultado.

Nada mal para uma equipe que ainda não tem um padrão de jogo definido e, muito menos, um time titular que todos saibam escalar. A classificação já não era esperada na primeira partida.

A vaga deve ser carimbada no Serra Dourada. Caso contrário, o bicho vai pegar no Dragão.

Xata ou zebra

A Anapolina, já sem chances no Goianão, deu a impressão que conseguiria um bom resultado, mas no final perdeu por 2 a 1 para o Vitória em casa.

Enfrentou um time da série B e ainda vai jogar a partida da volta. Talvez a Xata possa ser a primeira zebra da Copa do Brasil.

Comentários do Facebook