Confronto termina com 1 morto no Pontal Sul, em Aparecida

Segundo informações, o homem, conhecido como 'zoi', era foragido da Justiça e possuía várias passagens criminais

confronto Rotam Pontal Sul
Confronto com a Rotam no Pontal Sul deixou 1 morto | Foto: Reprodução

Um homem morreu em confronto com uma equipe das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) na Rua Tangará, no setor Pontal Sul, em Aparecida de Goiânia.

A ocorrência foi registrada no final da manhã desta 5ª feira (3).

 

Segundo informações, o homem, conhecido como ‘zoi’, era suspeito de tráfico de drogas.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal e a Polícia Civil (PC) esteve no local para realizar as diligências.

Denúncia anônima

Segundo a Rotam, foi após uma denúncia anônima de que no local havia uma intensa movimentação de tráfico de drogas que os policiais chegaram até o suspeito.

Na casa, ainda conforme as equipes, residiam outros 3 homens.

A denúncia também relatava que os suspeitos eram responsáveis por uma série de homicídios na cidade.

Ao chegarem à residência, os policiais disseram que um dos homens os recebeu a tiros e correu para dentro do imóvel.

De acordo com a polícia, a troca de tiros continuou no interior da casa, até que 1 suspeito foi atingido e morreu.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas o homem não resistiu ao ferimento.

Droga apreendida

No local, a Rotam apreendeu 1 pacote com substância análoga ao skank (que é uma espécie de maconha mais potente), 52 porções de cocaína e 1 de crack.

Além disso, uma balança de precisão e R$ 473 em espécie também foram apreendidos.

Todo o material, juntamente com a arma utilizada pelo suspeito, foi levado ao 3º Distrito Policial (DP) de Aparecida.

Posteriormente, ao identificar o homem, a Rotam constatou que ele possuía um mandado de prisão em aberto, além de várias outras passagens criminais.

LEIA MAIS ➡️ Candidato a vereador é preso em Aparecida após flagrante de tráfico


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook