Bolsonaro é condenado a pagar R$ 10 mil por ter dito que Maria do Rosário não merece ser estuprada

Deputado Jair Bolsonaro
Deputado Jair Bolsonaro

O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi condenado em primeira instância a indenizar a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) em R$ 10 mil, por ter dito que não a estupraria porque “ela não merece.”

Bolsonaro ainda pode recorrer da decisão da juíza Tatiana Dias da Silva, da 18ª Vara Cível de Brasília.

O parlamentar fez a declaração em dezembro de 2014, no plenário. No dia seguinte, o deputado afirmou que “ela não merece [ser estuprada] porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia. Não faz meu gênero. Jamais a estupraria.”

Depois de pedidos de cassação de seu mandato, o deputado mencionou que possui imunidade parlamentar e que não causou danos.

Comentários do Facebook