Em Curitiba, ação desastrada da polícia mata cadela na frente de seu dono [Vídeo]

Um policial militar matou uma cadela na frente de seus filhotes com dois tiros após uma confusão com moradores de rua, na madrugada de domingo, 10, na Avenida Sete de Setembro, no Bairro Batel, em Curitiba.

Segundo um vídeo, divulgado nas redes sociais, a confusão teria começado quando policiais militares abordaram moradores de rua em uma calçada. Um outro morador de rua se aproximou de uma cadela que estava com seus oito filhotes amamentando, próximo a confusão. Ele queria apenas cariciar o animal. Um policial o chamou, pediu que ficasse em pé e, em seguida, deu um empurrão.

Cachorra estava com oito filhotes; nenhum deles foi atingido / Foto: divulgação
Cachorra estava com oito filhotes; nenhum deles foi atingido / Foto: divulgação

Disparo

O instinto de defesa fez a cadela avançar no policial para defender o morador de rua e seus filhotes. Ela não chegou a morder. Assustado, o policial que empurrou o morador de rua disparou contra o animal.

Depois de ser baleada, a cadela ferida saiu correndo em busca de socorro. Sem nenhum remorso os policias vão embora sem prestar ajuda ao animal. A cadela, conhecida como “Polaca”, foi encontrada por um grupo de protetores, que ajudam moradores de rua, inclusive que ajudava os moradores que cuidava dela.

Logo apos ser socorrida, a cadela foi levada para uma clínica veterinária, mas não resistiu aos ferimentos causado pela bala e morreu. Os seus filhotes estão bem e foram acolhidos.

A Policia Militar ainda não se manifestou. Nas redes sociais a atitude do policial gerou revolta.

Comentários do Facebook