Goiânia suspende vacina contra Covid-19 em gestantes

Anvisa ainda não notificou oficialmente Prefeitura de Goiânia, que decidiu suspender as doses até que seja finalizada as investigações do Ministério da Saúde

Mesmo sem receber notificação oficial da Anvisa, a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia decidiu suspender a aplicação da vacina AstraZeneca em grávidas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária havia suspendido o uso do imunizante da fabricante em gestantes nesta 2ª feira (10), após a morte de uma grávida no Rio de Janeiro, que recebeu a dose do antígeno.

“Recomenda-se a este grupo prioritário, às gestantes maiores que 18 anos, que façam o agendamento de sua vacinação no aplicativo Prefeitura 24 Horas em uma das 12 unidades de saúde disponíveis para vacinação contra Covid-19”, informou Secretária Executiva da Secretaria de Saúde de Goiânia (SMS), Luana Ribeiro.

“Na data de hoje, 11/05, e de amanhã, 12/05, nessas unidades serão disponibilizadas as vacinas Pfizer. Por esta razão este grupo será atendido nestas instituições. Após este prazo nós realizaremos um novo planejamento que contemplará este tipo de demanda para este grupo prioritário”, afirmou.

O Ministério da Saúde, ainda, confirmou que investiga o óbito da grávida no Rio de Janeiro e cogita suspender a imunização contra a Covid-19 de gestantes.

 

Comentários do Facebook